White quer novo rival para Diaz, mas lutador discorda: ‘Ou McGregor, ou férias’

Presidente do UFC afirma que seria injusto manter irlandês no evento de julho: ‘Todos os lutadores vieram para cá’

Dana (foto) falou sobre o futuro de N. Diaz. Foto: Josh Hedges/UFC

Dana (foto) falou sobre o futuro de N. Diaz. Foto: Josh Hedges/UFC

O presidente do UFC, Dana White, afirmou que pretende manter Nate Diaz na programação do UFC 200, evento que será realizado no dia 9 de julho, em Las Vegas (EUA). No entanto, o dirigente e o lutador discordaram a respeito dos planos para que isso aconteça, já que Diaz só aceita subir no octógono se for para enfrentar Conor McGregor.

Veja Também

Dana White confirma saída de Conor McGregor do UFC 200
McGregor quebra silêncio, culpa agenda promocional por ‘surto’ e garante: ‘Não estou aposentado!’
McGregor perdeu R$ 35 milhões por ser cortado do UFC 200
Treinador defende McGregor: ‘Querem lutas ou entrevistas?’

O UFC já havia anunciado que McGregor e Diaz fariam a revanche na luta principal do UFC 200. No entanto, o irlandês se recusou a viajar a Las Vegas para participar da entrevista coletiva desta sexta-feira (22), e acabou cortado da programação. Assim, Diaz segue confirmado no evento, mas sem adversário definido.

“Eu até já havia dito que não queria que Nate se desse mal com essa história toda. [Mas] Nate Diaz vai lutar no UFC 200. Nós vamos arrumar um outro oponente para ele”, disse o dirigente, que, imediatamente, ouviu a opinião contrária do lutador norte-americano.

“Eu vim para lutar com Conor McGregor e não tenho interesse em mais ninguém. Se não for contra Conor, eu vou sair de férias. Era ele que queria a luta, eu nem queria. Mas eu quero lutas grandes, e, se não for assim, não faço mer** nenhuma”, rebateu o atleta.

Questionado se o UFC poderia abrir regalias a McGregor para mantê-lo na atração, White discordou. “Não seria justo com quem está aqui. Quando [José] Aldo enfrentou McGregor, a irmã dele [Aldo] estava se casando, mas ele veio para cá e respondeu todas as perguntas. Isso já aconteceu com vários outros lutadores, é parte do trabalho. A luta é daqui três meses, e é por isso que estamos fazendo isso com tanta antecedência. Todos que lutaram pelo UFC nos últimos 16 anos sabem que nós temos que promover as lutas, gravar comerciais, fazer entrevistas. Muitos deles vieram de diversas partes do mundo, como do Brasil, da Polônia, e eles estão aqui. Demos todas as chances para Conor estar aqui. Eu o respeito muito e gosto muito dele, mas ele precisa estar aqui para esse tipo de coisa”, esclareceu o dirigente.

White também confirmou que McGregor deverá defender o cinturão dos penas em sua próxima luta. “[Frankie] Edgar e Aldo vão lutar no UFC 200, e Conor McGregor vai enfrentar o vencedor”, esclareceu.

Por fim, o presidente do UFC indicou quais são seus planos para montar a nova luta principal do UFC 200. “Estamos trabalhando em algo. [Jon Jones x Daniel Cormier, pelo título dos meio-pesados] É uma possibilidade, mas vamos ver. Outra saída seria colocar Aldo x Edgar na luta principal”, explicou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments