Aldo garante: ‘Frustração por derrota para McGregor já ficou no passado’

Brasileiro admite que ficou mal por nocaute sofrido no UFC 194, mas agora está totalmente focado em recuperar o cinturão dos penas

Aldo luta no UFC 200. Foto: Todd Lussier/UFC

Aldo luta no UFC 200. Foto: Todd Lussier/UFC

Veja Também

Aldo detona McGregor por saída do UFC 200: ‘Fraco’
Filme sobre José Aldo divulga trailer oficial
McGregor esquece aposentadoria, contraria UFC e pede revanche com Diaz

No fim do ano passado, José Aldo sofreu uma enorme frustração profissional no UFC 194. Em um dos combates mais importantes de sua carreira, diante do ferrenho rival Conor McGregor, o brasileiro perdeu o cinturão dos penas com um nocaute relâmpago, em apenas 13 segundos. Porém, Aldo garante que a decepção já ficou no passado.

O ex-campeão admitiu que ficou chateado pelo combate por um bom tempo, mas que, agora, já se reestabeleceu na busca de recuperar o cinturão da categoria. “Claro que senti bastante, principalmente por causa de como foi a luta e a maneira como eu perdi. Eu fiquei um tempo meio mal, mas já passou, é passado. Não vou ficar sofrendo por algo que já passou, eu vivo para o meu futuro e o meu futuro é reconquistar o cinturão. Vou voltar de novo no caminho, vencer e reconquistar tudo”, analisou, em entrevista ao site do canal “Combate”.

No dia 9 de julho, no UFC 200, Aldo enfrenta Frankie Edgar pelo título interino da categoria. Nem o brasileiro, nem o norte-americano poderão disputar o cinturão definitivo pelo fato de que McGregor está concentrado nos planos de lutar contra Nate Diaz pela categoria dos meio-médios. “Acho que a nossa luta poderia ser pelo cinturão linear. Claro que isso quem decide é o UFC, não sei qual vai ser a atitude deles, mas eu considero que essa luta seja um próximo passo para eu recuperar o cinturão”, disse o brasileiro.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments