Entenda o problema que tirou Anderson do UFC 198

Ex-campeão dos médios sofreu uma inflamação na vesícula biliar e precisou passar por uma cirurgia, ficando, assim, de fora do evento de sábado (14)

Anderson (foto) não lutará mais em Curitiba. Foto: Brandon Magnus/UFC

Anderson (foto) não lutará mais em Curitiba. Foto: Brandon Magnus/UFC

Os fãs brasileiros que esperavam ver Anderson Silva de perto no UFC 198 sofreram uma enorme ducha de água fria na noite da última terça-feira (10). O ex-campeão dos médios foi cortado de sua luta contra Uriah Hall por um problema de saúde e não poderá participar do evento deste sábado, em Curitiba (PR).

Veja Também

Com fortes dores abdominais, Anderson Silva está fora do UFC 198
Anderson passará por cirurgia na vesícula e só volta em um mês
Hall rejeita substituto e sai do UFC 198; Warlley é promovido ao card principal

Anderson foi diagnosticado com uma colecistite aguda no início desta semana e precisou passar por uma cirurgia nesta quarta. Como o procedimento foi bem sucedido, “Spider” possivelmente estará apto a retornar aos treinos dentro de um mês e meio.

A colecistite aguda nada mais é do que uma inflamação na vesícula biliar, situada aos arredores do fígado. O órgão é responsável pelo armazenamento da bile, líquido produzido pelo fígado e que tem a função de digerir a gordura. A inflamação se dá, na maioria dos casos, pela obstrução dos canais que direcionam a bile ao duodeno, o que pode ser consequência de cálculos biliares ou até mesmo tumores.

Porém, existem os casos de colecistite aguda que também podem ser causados por outros fatores, como traumatismos graves e processos sucessivos de ganho e perda de peso.

O diagnóstico é feito através de exames de sangue (que indicariam um grande aumento de glóbulos brancos), além de radiografias na região do abdômen. Caso a doença não seja tratada, o quadro poderá evoluir para uma infecção generalizada e inclusive causar a morte. O tratamento considerado ideal para este tipo de inflamação é a remoção total da vesícula, o que não interfere no funcionamento do sistema digestório do paciente.

A retirada de Anderson do evento promoveu a luta entre Warlley Alves e Bryan Barberena ao card principal do UFC 198. O duelo mais importante do show será entre os pesos pesados Fabrício Werdum e Stipe Miocic, válida pelo cinturão da categoria.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments