Com fortes dores abdominais, Anderson Silva está fora do UFC 198

Spider foi diagnosticado como colecistite aguda, uma inflamação na visicula biliar, e não enfrenta mais Uriah Hall em Curitiba (PR)

Anderson (foto) volta a lutar em maio, contra U. Hall. Foto: Scott Heavey/UFC

Anderson (foto) volta a lutar em maio, contra U. Hall. Foto: Scott Heavey/UFC

Veja Também

Globo transmitirá card principal do UFC 198 ao vivo
‘Se Belfort for para o chão, vou finalizá-lo”, garante Jacaré
Vídeo: Assista à ‘Contagem Regressiva’ para o UFC 198

A menos de quatro dias de sua realização, o card do UFC 198 sofreu um duro golpe. Ex-campeão dos pesos médios, Anderson Silva está fora do evento do próximo sábado (14) em Curitiba (PR). O motivo do corte de Anderson foi uma forte dor abdominal sofrida pelo Spider, que foi diagnosticada como colecistite aguda – inflamação na vesícula biliar.

A informação foi divulgada primeiramente pelo site “Yahoo Sports” e confirmada pela organização do Ultimate momentos depois. Em entrevista à publicação norte-americana, o médico do UFC, Dr. Jeff Davidson, disse que o Spider vai passar por exames ainda nesta terça-feira (10) e, somente então, ficará definido se ele precisará de uma cirurgia.

“Anderson desenvolveu dores abdominais na segunda-feira e uma avaliação mais aprofundada hoje revelou colecistite aguda. Ele será examinado por um cirurgião ainda hoje para possivelmente passar por uma cirurgia”, disse o Dr. Davidson.

No evento do próximo sábado (14), Anderson Silva enfrentaria o jamaicano Uriah Hall, em duelo válido pela categoria de pesos médios. Dada a proximidade da noite de lutas, Hall deve ser retirado da programação. Além disso, a organização do Ultimate ainda não divulgou se haverá a promoção de uma luta do card preliminar para o principal ou se a programação das maiores lutas seguirá com somente quatro lutas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments