Ortiz diz que UFC seria um ‘completo fracasso’ sem White

Ex-campeão acredita que, caso grupo chinês compre a organização e descarte o presidente, estará fadada a ‘quebrar e pegar fogo’

Foto: Terra

Tito e Dana foram desafetos por muito tempo. Foto: Terra

Rival público de longa data de Dana White, Tito Ortiz elogiou o presidente do UFC de maneira surpreendente. O ex-campeão dos meio-pesados da organização comentou os recentes rumores de que o Ultimate estaria à venda, sendo que uma empresa chinesa seria uma das interessadas, e declarou que a companhia poderia sucumbir se White fosse descartado.

Veja Também

Investidores chineses querem comprar o UFC por R$ 15 bilhões
Toquinho reclama de cotoveladas ilegais após derrota surpreendente
VanZant tem melhor nota da final da ‘Dança dos Famosos’

Apesar de suas diferenças com White, Ortiz reconheceu que o desafeto é um dos grandes responsáveis por fazer do UFC a potência esportiva que é nos dias de hoje. “Acho que a organização [sem White] seria um completo fracasso. Acho que ela iria quebrar e pegar fogo, essa é minha opinião. Acho que Dana faz um ótimo trabalho com a organização. Às vezes não entramos em acordo, mas isso é entre eu e ele. Vamos dizer que é uma relação tipo namorado e namorada – ele é a namorada, claro”, alfinetou, em entrevista à rádio “Sirius XM”. “Acho que, se a empresa chinesa não trouxer Dana, ela vai fracassar totalmente. Seria uma perda, mas acho que cabe a Dana tomar essas decisões.”

O UFC atualmente pertence à empresa Zuffa, dos irmãos Lorenzo e Frank Fertitta, além de White e do grupo árabe Flash Entertainment. Recentemente, surgiram rumores de que haveria uma oferta de R$ 15 bilhões para a compra da organização, o que foi posteriormente negado pela própria empresa.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments