Anderson Silva, McGregor, Aldo e Jon Jones prestam homenagem a Muhammad Ali

Lutadores prestam homenagem a lenda que morreu neste sábado: 'Ninguém chegará perto da grandeza de Ali', disse McGregor

A morte de Muhammad Ali, na madrugada deste sábado (04), aos 74 anos, abalou o mundo das lutas. Através das redes sociais vários lutadores homenagearam o tricampeão mundial e campeão olímpico.

Veja Também

Lenda Muhammad Ali morre aos 74 anos

Feras como Jon Jones, Anderson Silva, José Aldo, Fabrício Werdum, Conor McGregor entre outros não pouparam elogios a lenda.

Conhecido por frases provocadoras, Conor McGregor fez questão de colocar em um patamar inalcançável: “Ninguém jamais chegará perto da grandeza deste homem. E, se chegar, é melhor acordar e se desculpar”, escreveu o campeão dos penas do UFC.

Anderson Silva fez questão de citar uma das frases mais conhecidas da carreira de Ali em uma publicação no Instagram: “O impossível é apenas uma grande palavra usada por gente fraca, que prefere viver no mundo como ele está, em vez de usar o poder que tem para mudá-lo, melhorá-lo. Impossível não é um fato. É uma opinião. Impossível não é uma declaração. É um desafio. Impossível é hipotético. Impossível é temporário. O impossível não existe”.

Por sua vez, Jon Jones relatou que pugilista foi uma grande inspiração não apenas para sua carreira de lutador, mas para sua vida: “..Muhammad Ali tem sido uma grande inspiração para mim, não apenas na minha vida pessoal, mas na minha carreira como lutador. Ele me ensinou a importância de acreditar em si mesmo. Não importa o que as pessoas disseram. Ele nos ensinou a importância de defender aquilo que você acha que é correto. ..Jamais haverá outro Muhammad Ali e eu só quero agradecê-lo por ser ele mesmo, por ser o magnífico exemplo que ele era e eu te amo Ali”

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments