‘Mexeu com a minha cabeça’, revela Poirier sobre enfrentar McGregor

O lutador norte-americano revela detalhes de seu choque emocional ao enfrentar o irlandês falastrão em 2014

Dustin Poirier na balança e Conor McGregor ao lado

Poirier na balança e McGregor ao lado. Foto: Divulgação/UFC

A caminhada de Conor McGregor até o cinturão do Ultimate foi curta e fatal. Não só pelo fato de ter nocauteado a grande maioria de seus oponentes, mas o irlandês também gerou danos psicológicos a uma de suas vítimas. No caso, Dustin Poirier, que até mesmo subiu de categoria para os leves, revelou que o atual campeão dos penas mexeu totalmente com o seu psicológico.

Em entrevista ao site norte-americano ‘FloCombat’, Poirier detalhou que sempre foi um lutador bastante emotivo com a famosa mentalidade do ‘matar ou ser morto’. Entretanto, Conor soube usar isso contra o próprio atleta, e em um momento especial logo antes do confronto no UFC 178 fez com que Poirier se tornasse um lutador completamente novo após o fato.

Veja Também

McGregor presenteia membros de sua família com carros de luxo
José Aldo descarta aposentadoria até revanche contra McGregor
Aldo se dispõe a subir de peso se necessário para revanche com McGregor

“Eu sempre fui um lutador emotivo e essa emoção me potencializou bastante nas minhas primeiras performances. Eu ficava com raiva porque eu estava prestes a entrar (no octógono) e ‘sair na porrada’ com alguém que estava tentando me machucar da mesma maneira que eu queria machucá-la, então essa energia me levava à aquele pensamento de ‘matar ou ser morto’.”, afirmou. “Eu sempre vi isso como um adicional, mas a luta contra o Conor foi uma mudança radical. Eu lembro estar no backstage ficando pronto para fazer minha entrada, quando eu o vi e ele me deu um sorriso e apontou para mim. Eu não sei o que aconteceu comigo. Aquilo realmente mexeu com a minha cabeça. Quer dizer, eu estava prestes a entrar e lutar com o cara e ele estava sorrindo para mim lá atrás? Depois daquela luta, eu soube que eu tinha que achar um jeito diferente de usar essa emoção.”, revelou.

Após seu confronto com Conor, Dustin Poirier subiu para a categoria dos leves e somou quatro vitórias em quatro combate. Com 20 vitórias e apenas 4 derrotas na carreira, o norte-americano enfrentou o irlandês no UFC 178 em setembro de 2014, onde foi nocauteado em apenas 1 minuto e 46 segundos de combate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments