Cyborg critica rival após nocaute assustador: ‘É um palhaço’

Brasileiro elogiou as habilidades de Michael Page, mas reclamou de brincadeira feita logo ao fim do combate em Londres

Cyborg perdeu para Page em Londres. Foto: Bellator

Cyborg perdeu para Page em Londres. Foto: Bellator

Passado o susto da impressionante fratura que sofreu no Bellator 158, no último sábado (16), Evangelista Cyborg criticou de forma dura a postura apresentada por seu algoz, Michael Page.

Veja Também

Vídeo: ‘Clone’ de Anderson Silva vence Cyborg por nocaute e o captura com pokebola
Com afundamento no crânio após nocaute, Cyborg tranquiliza: ‘Estou inteiro’

No duelo, Page venceu por nocaute após conectar uma joelhada voadora certeira na cabeça do brasileiro. O golpe provocou um afundamento no crânio de Cyborg, sendo que a foto da lesão impressionou a todos nos últimos dias.

Contudo, instantes depois do nocaute, Page fez uma brincadeira usando como tema o aplicativo “Pokémon Go”: ele colocou um boné e atirou uma “pokebola” na direção de Cyborg. “Acabei de capturar um Cyborg para mim”, disse, logo em seguida.

Page brinca com Cyborg após vitória. Foto: Bellator

Page brinca com Cyborg após vitória. Foto: Bellator

Em entrevista ao site norte-americano “MMA Fighting”, Cyborg se mostrou ofendido com a atitude. “Page mostrou ser um grande atleta, um trocador habilidoso. Mas ele está mostrando ser um babaca, porque ele não respeita seus oponentes antes ou depois da luta. Ele poderia se tornar uma celebridade com seu talento, servindo de inspiração a outros atletas, em vez de agir assim. Ficar jogando coisas após a luta… Sinceramente, ele é um palhaço. Ele não se comporta como um campeão deveria”, criticou.

Apesar da fratura impressionante, Cyborg acredita que terá condições de voltar a lutar em poucos meses. Aos 38 anos de idade, o mato-grossense compete no MMA profissional desde 1997, com 21 vitórias e 18 derrotas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments