Brasileiros vencem no card preliminar do UFC Chicago

Luis Henrique KLB, Michel Trator e Michel Trator deixaram o octógono com vitórias; Pepey sofreu a única derrota do país no programa de abertura

M. Trator (esq.), A. Cowby (c) e KLB (dir.) venceram no card preliminar do UFC Chicago

M. Trator (esq.), A. Cowby (c) e KLB (dir.) venceram no card preliminar do UFC Chicago

O Brasil começou bem no UFC Chicago, evento realizado neste sábado (23), na United Center. Com quatro representantes do país no card preliminar, três deixaram o octógono com o braço erguido. Luis Henrique KLB finalizou Dmitry Smoliakov, Alex Cowboy derrotou James Moontasri, enquanto Michel Trator bateu James Moontasri. O único revés tupiniquim no programa de abertura foi de Godofredo Pepey, que acabou amarrado pelo jogo de Darren Elkins.

Pepey começa bem, mas cai em armadilha de Elkins

Veja Também

Cyborg planeja doar arrecadação a instituição de caridade
Bellator planeja luta entre Fedor e Tito Ortiz

O brasileiro Godofredo Pepey tinha uma dura missão para manter a série de vitórias no Ultimate. Diante de um duro Darren Elkins, o cearense começou bem a disputa.

Com grande evolução na luta em pé, Pepey iniciou a disputa com um belo chute rodado, que atordoou o rival. Na sequência o brasileiro foi para cima, conectou uma boa direita, mas acabou derrotado. Porém, em um belo ataque no braço, ele inverteu a posição e montou no norte-americano, de onde acertou bons socos.

Elkins conseguiu escapar da pressão e voltou a fazer seu jogo de pressão na grade até conseguir a queda. A partir daí a história da luta mudou. Pepey  teve dificuldades para evitar as quedas e não conseguiu atacar o rival por baixo.

O segundo round, assim como a parcial anterior, começou acelerada. Elkins tentou trocar socos em pé, mas foi surpreendido com um chute rodado de Pepey. Mas o brasileiro perdeu o equilíbrio e acabou caindo por baixo. Ao escapar do solo, o atleta tupiniquim cometeu um erro: quando Elkins se levantou Pepey aplicou uma joelhada ilegal, com o adversário em três apoios no solo. O árbitro central Herb Dean tirou um ponto do brasileiro e o norte-americano teve cinco minutos para se recuperar.

Assim que o combate recomeçou, Elkins conseguiu uma queda e travou a disputa no solo, acertando vários socos por cima.

No terceiro round, Pepey tinha uma missão! Evitar a luta de solo. Porém, logo nos primeiros movimentos, o brasileiro acetou a luta por baixo e não conseguiu colocar seu jiu-jitsu em prática.

Com três minutos para acabar, o brasileiro conseguiu ficar de pé, mas, logo foi derrubado novamente até o final da parcial. Com a disputa nas mãos dos juízes, todos marcaram vitória de Darren Elkins (29-27, 29-27 e 30-26).

Sem risco, Cowboy vence ‘professor’ de Anderson Silva

Conhecido por sempre apresentar lutas empolgantes, Alex Cowboy mudou a estratégia em busca da vitória. Diante de James Moontasri, professor de tae-kwon-do de Anderson Silva, o brasileiro optou por uma luta tática e dominou o rival na luta de solo.

Logo nos primeiros movimentos, Cowboy evitou a luta em pé e buscou o cinch. Mas ao aplicar uma joelhada na região genital, o norte-americano sentiu e o duelo foi interrompido por vários minutos

No recomeço da disputa, Cowboy, novamente, encurtou a distância e pressionou na grade. O brasileiro, mesmo sem conseguir a queda, travou a movimentação do rival em posição de vantagem

No segundo round, o brasileiro rapidamente atacou as pernas e conseguiu a queda. Ele golpeou duro por cima e apenas no final da parcial Moontasri conseguiu se levantar. Porém e o norte-americano voltou a ser amassado no clinch..

Atrás nas papeletas, Moontasri veio para o tudo ou nada no terceiro round. Ele começou a disputa acertando um soco rodado. Mas o brasileiro respondeu e aceitou a troca de golpes. Porém, quando o norte-americano tentou crescer na disputa ele rapidamente buscou a queda e cozinhou a disputa no solo para levar a disputa na decisão dos juízes.

Luis Henrique KLB abre evento com finalização

Após a estrear no Ultimate com derrota, Luis Henrique KLB voltou ao octógono em grande estilo. Na luta de abertura do show, o brasileiro superou o favoritismo do russo Dmitry Smoliakov e finalizou o rival com um belo mata-leão no segundo round.

KLB começou bem na luta em pé e com um overhand logo nos primeiros instantes, abriu o caminho para o triunfo. O brasileiro rapidamente buscou a luta no clinch, evitando a potência dos ataques do rival. Assim que conseguiu a queda, Luis Henrique dominou a disputa. O brasileiro golpeou de forma dura por cima.

No segundo round, com o russo bastante desgastado, KLB repetiu a receita da parcial anterior. Ele rapidamente buscou o clinch, atacou as pernas e conseguiu a queda.

A partir dai, ele conectou vários socos na abeça do russo, que lutava para se manter vivo. Assim que teve oportunidade, o brasileiro rapidamente encaixou o mata-leão e finalizou Smoliakov

Resultados do card preliminar do UFC Chicago

Darren Elkins derrotou Godofredo Pepey na decisão unânime dos juízes (29×27, 29×27 30×26)

Kamaru Usman derrotou Alexander Yakovlev na decisão unânime dos juízes (30×25, 30×25, 30×25)

Michel Trator derrotou JC Cottrell na decisão unânime dos juízes (30×27, 30×26, 30×27)

Alex Cowboy derrotou James Moontasri na decisão unânime dos juízes (30×26, 30×26, 30×25);

Jason Knight derrotou Jim Alers na decisão unânime dos juízes (29×28, 28×29, 29×28)

Luis Henrique KLB finalizou Dmitry Smoliakov com um mata-leão a 3,58s do R2;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments