Bisping diz que Jones caiu no doping com estimulante sexual

Campeão dos médios do UFC revelou que norte-americano ingeriu versão genérica de Cialis na época do exame em que testou positivo

Jones caiu no doping e ficou de fora do UFC 200. Foto: Divulgação

Jones caiu no doping e ficou de fora do UFC 200. Foto: Divulgação

O caso de doping envolvendo Jon Jones pode ter em breve um desdobramento curioso. De acordo com o campeão dos médios do UFC, Michael Bisping, o lutador norte-americano falhou em um exame realizado em junho por ter ingerido um estimulante sexual.

Veja Também

‘Sou vítima da minha própria ignorância’, admite Jones
Jones mostra otimismo após doping: ‘Tenho boas notícias’
Jones pode ser inocentado em caso de doping, diz Dana White

Jones faria a luta principal do UFC 200, no mês passado, mas foi retirado do show em suas vésperas após ter caído em um teste realizado semanas antes. Contudo, o presidente do Ultimate, Dana White, recentemente afirmou que o atleta poderá ser inocentado do caso, já que teria ingerido as substâncias proibidas (no caso, bloqueadores de estrogênio) de forma não-intencional.

Em conversa com a rádio “Sirius XM”, Bisping revelou aqueles que seriam os detalhes do caso. “Na posição de campeão, eu ouço coisas. Cialis, é assim que se chama? Ele tomou um Cialis, mas uma versão genérica. Não era a versão que tinha essa marca, mas uma versão genérica que continha bloqueadores de estrogênio. Portanto, foi isso que ele tomou, o que poderá render uma punição mais leve”, comentou o lutador inglês. Jones e sua equipe, em contrapartida, não forneceram mais detalhes acerca do caso.

Em 2015, outro grande nome do MMA falhou em um exame antidoping e, em sua defesa, alegou ter ingerido um estimulante sexual. Anderson Silva, que testou positivo para anabolizantes no UFC 183, revelou que ingeriu as substâncias depois de tomar um líquido trazido por um amigo da Tailândia.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments