Campeão dominante do UFC admite a ideia de fazer “lutas por dinheiro”

Demetrious Johnson, que não sabe o que é perder há cinco anos, admite a possibilidade de fazer ‘superlutas’

D. Johnson (foto) é o atual campeão dos moscas. Foto: Josh Hedges/UFC

D. Johnson (foto) é o atual campeão dos moscas. Foto: Josh Hedges/UFC

Com oito defesas de cinturão, o peso mosca Demetrious Johnson está a duas lutas de se tornar o campeão mais dominante da história do UFC – o recorde é do brasileiro Anderson Silva, que defendeu se título em dez oportunidades. No entanto, parece que os planos do lutador são outros. Apesar de brilhar dentro do octógono, DJ também é conhecido pela fama de não vender muito pay-per-view, o que faz com que suas lutas tragam pouco retorno financeiro. Talvez por isso, o norte-americano admitiu o interesse em realizar ‘lutas por dinheiro’, mas ressaltou que não recusaria nenhum adversário.

Veja Também

TUF 24 contará com dois brasileiros de olho no cinturão dos moscas
Dominick Cruz projeta mudança de categoria e luta contra José Aldo: ‘Quero dois cinturões’

“Todo mundo está querendo lutar com as pessoas que o público gosta mais de ver para conseguir pagamentos melhores. Acredite em mim, eu estou prestes a entrar nesse barco também, mas eu jamais vou recusar uma luta, eu vou lutar com qualquer um”, falou Demetrious, em entrevista ao ‘Submission Radio (EUA).

Johnson também falou sobre os campeões de outras categorias que preferem ‘superlutas’ ao invés de enfrentaram os respectivos desafiantes do peso. Porém, ele afirma que a culpa dessas atitudes é do próprio UFC, que permitiu que os lutadores fizessem tais exigências. “Você vê um monte de caras falando: ‘Eu não vou lutar com aquele cara, mesmo que ele seja o desafiante número um porque eu quero um pagamento melhor’. E você vê cada vez mais campeões fazendo isso. Eu entendo porque eles fazem isso. O UFC estabeleceu isso, campeões não ganham a maior quantia de dólares”, comentou ‘DJ’.

Demetrious Johnson é campeão do UFC desde 2011, quando superou Joseph Benavidez por pontos na disputa inaugural do cinturão do peso moscas. De lá para cá, venceu todas as oito lutas que realizou. Ao todo, soma 24 vitórias, duas derrotas e um empate em seu cartel profissional.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments