Após nocaute, Cyborg diz que não pensa em cinturão do UFC | SUPER LUTAS

Após nocaute, Cyborg diz que não pensa em cinturão do UFC

Brasileiro afirmou que seu desejo é realizar apenas superlutas no Ultimate

Cyborg nocauteou L. Lansberg e venceu sua segunda luta no UFC. (Foto: Getty Images)

Cyborg nocauteou L. Lansberg e venceu sua segunda luta no UFC. (Foto: Getty Images)

Veja Também

Principal estrela do UFC Brasília, evento realizado neste sábado (24), a brasileira Cris Cyborg, que nocauteou Lina Lansberg no segundo round do combate, deixou claro quais são suas pretensões para o futuro na carreira: realizar superlutas no Ultimate. Questionada se ainda pretendia disputar o cinturão do Ultimate, a lutadora, que atua na categoria dos penas (ate 66kg), faixa de peso que não existe para mulheres no UFC, foi bem clara para ressaltar que sua intenção é fazer lutas para agradar os fãs.

“Eu estou muito feliz com o resultado, tive uma dificuldade muito grande em bater o peso, foi difícil, mas deu tudo certo. Agora eu estou pensando nas minhas férias, mas não tiro a oportunidade de realizar lutas casadas. Eu já tenho dois cinturões na minha casa (Invicta FC e Strikeforce), não almejo outro. Eu quero fazer super lutas para meus fãs, grandes lutas para ficar na história”, falou Cyborg na entrevista coletiva pós-evento.

Com um cartel de 17 vitórias e uma derrota, Cyborg somou seu segundo triunfo em duas atuações no Ultimate. Ela estreou na organização em maio deste ano, quando nocauteou Leslie Smith no UFC 198, em Curitiba.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments