UFC 204: Iuri Marajó atropela e brilha no card preliminar

Brasileiro não deu chances a Brad Pickett e finalizou ainda no primeiro round; Léo Santos vence duelo tupiniquim

Marajó brilhou no card preliminar do UFC 204. Foto: Divulgação

Marajó brilhou no card preliminar do UFC 204. Foto: Divulgação

Veja Também

UFC 204: Bisping vence Henderson em luta insana e mantém cinturão
UFC 204: Mousasi nocauteia Belfort e desafia Anderson

Iuri Marajó foi o grande destaque do card preliminar do UFC 204, evento realizado neste sábado (8), em Manchester, na Inglaterra. O brasileiro atropelou Brad Pickett e deu um passo importante rumo ao seu retorno ao ranking oficial do UFC na categoria dos galos.

As primeiras lutas do evento foram bastante movimentadas. Das seis lutas do card preliminar, cinco delas foram concluídas por nocaute ou finalização. A única exceção foi no duelo tupiniquim da noite, entre Leonardo Santos e Adriano Martins.

O combate entre os brasileiros foi bastante morno, sem grandes momentos de destaque. Mesmo assim, vitória do campeão da segunda temporada do reality show The Ultimate Fighter Brasil, que levou a melhor na decisão dividida dos jurados.

Campeão do TUF vence duelo tupiniquim da noite

L. Santos levou a melhor sobre A. Martins. Foto: Divulgação

L. Santos levou a melhor sobre A. Martins. Foto: Divulgação

Na abertura do UFC 204, Leonardo Santos levou a melhor sobre Adriano Martins no duelo tupiniquim da noite. O campeão do TUF Brasil 2 ficou com a vitória na decisão dividida dos juízes.

A luta como um todo foi bastante morna. Nos dois primeiros rounds, houve muito estudo por parte de ambos os atletas, que basicamente se limitavam a soltar chutes. Leonardo incomodava com golpes no corpo, enquanto que Adriano retrucava nas pernas do rival.

Perto da fase final do combate, Martins passou a caçar Santos no octógono, inclusive com bons golpes com as mãos. No entanto, Leonardo evitava qualquer risco graças a uma boa movimentação de pernas. Sob vaias das torcida, o vencedor do TUF ficou com a vitória.

Com o resultado, Leonardo manteve sua invencibilidade no UFC – ele agora tem cinco vitórias e um empate. Na entrevista pós-luta, o lutador mostrou desejo em enfrentar Michael Chiesa, sétimo colocado no ranking da categoria. Martins, por sua vez, sofreu apenas sua segunda derrota em seis lutas no UFC.

Marajó massacra Pickett e finaliza no primeiro round

Na última luta do card preliminar, Iuri Marajó não deu chances a Brad Pickett e aplicou um verdadeiro atropelo no octógono. O brasileiro levou a melhor em pé e concluiu o serviço no chão ainda no primeiro round, corando uma de suas melhores atuações no UFC.

Marajó se mostrou agressivo desde o início das ações e castigou o inglês com chutes e joelhadas. Ainda no começo da luta, o brasileiro acertou uma cotovelada giratória, emendou com socos e derrubou Pickett. No solo, Marajó seguiu castigando o rival, mas o árbitro não interrompeu. Iuri, então, encaixou um triângulo da montada, passou para a chave de braço, voltou ao triângulo e conquistou a vitória com menos de dois minutos de ação.

Assim, Marajó se recupera da derrota sofrida para Jimmie Rivera em sua última luta. Já Pickett, que havia vencido Francisco Rivera em sua última participação, volta a sofrer um resultado negativo.

Resultados do UFC 204:

Iuri Marajó finalizou Brad Pickett (triângulo) aos 1min59s do R1

Damian Stasiak finalizou Davey Grant (chave de braço) aos 3min56s do R3

Leon Edwards finalizou Albert Tumenov (mata-leão) aos 3min01s do R3

Marc Diakiese nocauteou Lukasz Sajewski (socos) aos 4min40s do R2

Mike Perry nocauteou Danny Roberts (joelhada e socos) aos 4min40s do R3

Leonardo Santos derrotou Adriano Martins na decisão dividida dos juízes

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments