UFC 204: Mousasi nocauteia Belfort e desafia Anderson

Lutador armênio-holandês deu poucas chances ao brasileiro e liquidou a fatura no segundo round na Inglaterra

Mousasi bateu Belfort no UFC 204. Foto: Divulgação/UFC

Mousasi bateu Belfort no UFC 204. Foto: Divulgação/UFC

Gegard Mousasi atropelou Vitor Belfort na segunda luta mais importante do UFC 204, evento realizado na cidade de Manchester, na Inglaterra, na madrugada deste domingo (9). O lutador armênio-holandês teve uma atuação tática e deu poucas chances para o “Fenômeno”, o que resultou em uma vitória por nocaute técnico no segundo assalto.

Veja Também

UFC 204: Bisping vence Henderson em luta insana e mantém cinturão
UFC 204: Iuri Marajó atropela e brilha no card preliminar

Mousasi iniciou o combate caminhando para frente a fim de evitar que Belfort, conhecido por sua explosão, tenha espaço. Ainda no início, o brasileiro acertou bons diretos no rival, que gesticula e diz que não se feriu. Mousasi, então, busca a queda, mas Belfort rechaçou facilmente. No fim do round, Mousasi encurralou Belfort, acertou bons golpes e finalizou o round na luta agarrada.

Belfort abre as ações do segundo round com um bom chute no corpo de Mousasi, que tenta responder de imediato. Pouco depois, o armênio-holandês mergulhou nas pernas do brasileiro, mas não obteve a queda. Mousasi, então, aproveita brecha para acertar chute certeiro no rosto de Belfort, que balança. Gegard parte para cima com tudo, mas o “Fenômeno” segura as pontas. A luta vai ao solo e Mousasi continua punindo até a vitória por nocaute técnico.

Com isso, Mousasi obteve a 40º vitória em sua carreira no MMA profissional. Já Belfort, de 39 anos, sofre sua terceira derrota nas últimas quatro lutas – antes, ele havia perdido para Ronaldo Jacaré e Chris Weidman.

Após a vitória, Mousasi já pediu sua próxima luta: “Anderson Silva seria uma grande luta. E faria muito sentido”, pediu.

Manuwa brutaliza St. Preux e nocauteia

Antigo desafiante pelo cinturão interino dos meio-pesados, Ovince St. Preux sofreu uma dura derrota no card principal do UFC 204. O norte-americano descendente de haitianos foi brutalmente nocauteado por Jimi Manuwa no segundo round.

St. Preux começou a luta bem, fazendo bom uso de sua envergadura e aplicando chutes no rival. Ainda no primeiro round, a luta chegou a ir ao solo, e St. Preux obteve as melhores posições, inclusive ao tomar as costas do rival.

No segundo round, St. Preux diminuiu seu ritmo e Manuwa começou a crescer. O inglês desferiu duros socos na linha de cintura do oponente, que aparentou ter sentido. Assim, Manuwa tomou conta do combate: aplicou cruzados duros em OSP, que caiu nocauteado.

Manuwa conquistou sua primeira vitória desde abril de 2015; já St. Preux perdeu sua terceira nas últimas quatro lutas.

Resultados do UFC 204:

CARD PRINCIPAL

Michael Bisping derrotou Dan Henderson na decisão unânime dos juízes

Gegard Mousasi derrotou Vitor Belfort por nocaute técnico aos 2min43s do R2

Jimi Manuwa nocauteou Ovince St. Preux (socos) aos 2min38s do R2

Stefan Struve finalizou Daniel Omielanczuk (estrangulamento d’arce) aos 1min41s do R2

Mirsad Bektic finalizou Russell Doane (mata-leão) aos 4min22s do R1

CARD PRELIMINAR

Iuri Marajó finalizou Brad Pickett (triângulo) aos 1min59s do R1

Damian Stasiak finalizou Davey Grant (chave de braço) aos 3min56s do R3

Leon Edwards finalizou Albert Tumenov (mata-leão) aos 3min01s do R3

Marc Diakiese nocauteou Lukasz Sajewski (socos) aos 4min40s do R2

Mike Perry nocauteou Danny Roberts (joelhada e socos) aos 4min40s do R3

Leonardo Santos derrotou Adriano Martins na decisão dividida dos juízes

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments