Após “curtir” protesto de Werdum, Aldo se desculpa com Reebok

Aldo, que é patrocinado pela Reebok, usou as redes sociais para esclarecer polêmica

J. Aldo esclareceu polêmica envolvendo a Reebok. (Foto: Getty Images)

J. Aldo esclareceu polêmica envolvendo a Reebok. (Foto: Getty Images)

Veja Também

Werdum explica protesto contra Reebok: “Ninguém está contente”
Werdum posta imagem provocando patrocinadora oficial do UFC
José Aldo reconsidera aposentadoria e fala em voltar ao UFC: ‘Coisas boas virão’

O protesto de Fabrício Werdum contra a Reebok, patrocinadora oficial e fornecedora de material esportivo do UFC, segue rendendo polêmica, e envolvido da vez é o brasileiro José Aldo. Patrocinado pela Reebok, José Aldo curtiu a postagem em que Werdum criticava a logomarca, como se estivesse apoiando o posicionamento de seu compatriota.

No entanto, o campeão interino dos penas logo tratou de se explicar e publicou em suas redes sociais uma mensagem – em inglês – desmentindo que a “curtida” tenha partido dele e defendendo a marca. “Gostaria de dizer que não fui eu quem deu like no post do Werdum usando uma camisa da Nike. Um tempo atrás eu contratei uma pessoa para cuidar das minhas contas nas redes sociais e ele fez isso. Reebok é meu patrocinador e eu tenho apenas que agradecer a eles por todo o apoio”, garantiu o Aldo.

Sem lutar desde julho passado, quando derrotou Frankie Edgar no UFC 200 e conquistou o título interino dos penas, o futuro de José Aldo no octógono é uma incógnita. O manauara anunciou sua aposentadoria após não receber a aguardada revanche contra Conor McGregor e garantiu que não lutaria mais MMA, contudo, dias atrás o lutador postou uma mensagem afirmando que “coisas boas estão por vir”, o que, supostamente, pode estar ligado ao seu retorno ao Ultimate.

Postagem de José Aldo:

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments