Dana White: “McGregor é difícil de lidar, mas vale a pena”

Presidente do UFC diz que a recompensa é positiva, pois Conor sempre “intensifica suas lutas”

D. White (esq) e C. McGregor (dir) já tiveram divergências no passado. (Foto: Getty Images)

D. White (esq) e C. McGregor (dir) já tiveram divergências no passado. (Foto: Getty Images)

No início deste ano, Dana White, presidente do UFC, e Conor McGregor se desenterraram depois do irlandês se recusar a viajar para os Estados Unidos para promover sua luta com Nate Diaz, incialmente marcada para o UFC 200. Como punição, Conor foi retirado do card e ficou de fora da histórica edição 200.

Veja Também

Agora no peso leve, McGregor dispara: “Vou matar todos eles”
Anúncio de McGregor após o UFC 205 será algo positivo, garante treinador
Dana sobre UFC 205, em Nova York: “É o melhor card que já fizemos na história”

Ao lembrar do episódio, Dana confessou que McGregor não é dos sujeitos mais fácil de lidar, mas admitiu que o esforço vale a pena, afinal, a recompensa financeira no final é sempre positiva.

“Ele (Conor) é um pouco difícil de lidar, mas vale a pena. A questão é todos os outros prós da situação, já que Conor McGregor vai intensificar e lutar contra qualquer um, em qualquer lugar, a qualquer momento”, disse White à ‘Fox Sports’ (EUA).

O dirigente também aproveitou para elogiar a postura do campeão dos penas em não recusar lutas, o que, segundo White, é algo raro de se ver. “Eu nunca estive em uma situação em que alguém sai de uma luta uma semana antes e ele (McGregor) literalmente não se importa com quem será seu novo oponente”, concluiu o presidente.

Conor McGregor retorna ao octógono para enfrentar o campeão peso leve Eddie Alvarez na luta principal do UFC 205, dia 12 de novembro, em Nova York.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments