Jedrzejczyk pensa em aposentadoria para se tornar mãe

Polonesa planeja lutar por mais alguns anos para deixar o esporte saudável e se dedicar à sua família

Joanna (foto) será um dos destaques do UFC 205. Foto: Josh Hedges/UFC

Joanna (foto) será um dos destaques do UFC 205. Foto: Josh Hedges/UFC

Principal atleta da divisão palha feminina do UFC, a campeã Joanna Jedrzejczyk pode dar adeus às lutas em breve. A polonesa revelou que já pensa em se aposentar nos próximos anos para se dedicar à sua família, sobretudo por seu desejo de se tornar mãe.

Veja Também

Evans lamenta saída do UFC 205: ‘Estou saudável’
Dana sobre UFC 205, em Nova York: “É o melhor card que já fizemos na história”
McGregor vai anunciar afastamento após UFC 205, crava jornal

Joanna, de 29 anos, planeja deixar o esporte quando ainda estiver com o corpo saudável. No entanto, a lutadora esclarece que isso só deverá acontecer daqui a alguns anos, de preferência se ela ainda ocupar a posição de campeã.

“Eu tinha este pensamento há um, dois anos. Pensava que queria lutar por mais dois anos, mas, neste ano, pensei que queria lutar por mais alguns anos e parar de vez. Quero ser uma pessoa saudável e focar nas minhas próprias coisas. Agora estou tentando ser a melhor atleta possível. Deixei minha família, meu noivo, meus amigos, tudo na Polônia. Mas, quando eu me aposentar, serei a esposa perfeita e a mãe perfeita. Quero fazer a mesma coisa: dar meu 100%. Sei que não vou me aposentar nos próximos meses ou o ano que vem, mas quero transformar meus sonhos em realidade”, comentou, em entrevista ao site norte-americano “MMA Junkie”.

A polonesa está invicta no MMA profissional, com 12 vitórias em 12 lutas. Em sua última aparição no octógono, em julho, superou Cláudia Gadelha pela segunda vez na decisão dos juízes. Sua próxima defesa de cinturão será neste sábado (12), no UFC Nova York, quando enfrenta sua compatriota Karolina Kowalkiewicz.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments