UFC 205 quebrou recorde de pay-per-view, diz White

Sem revelar números, presidente do UFC diz que só ‘luta entre Jesus e o diabo’ quebraria a nova marca

Alvarez (esq) e Conor (dir) se enfrentaram na luta principal UFC 205. (Foto: Getty Images)

Alvarez (esq) e Conor (dir) se enfrentaram na luta principal UFC 205. (Foto: Getty Images)

Veja Também

McGregor nocauteia Alvarez, conquista o cinturão peso leve e faz história no UFC 205
McGregor minimiza chance de luta com Nurmagomedov por histórico de lesões
Alvarez se rende a McGregor: “Eu tiro meu chapéu, ele foi fenomenal”
Diaz invade festa de McGregor após o UFC 205

O presidente do UFC, Dana White, ficou amplamente satisfeito com o saldo do UFC 205, evento realizado no último sábado (12). A atração, que marcou a estreia do octógono na cidade de Nova York (EUA), teria quebrado todos os recordes de venda de pay-per-view da história do Ultimate.

O show foi protagonizado pelo duelo de campeões entre Conor McGregor e Eddie Alvarez, que chegaram ao UFC 205 como donos dos títulos dos penas e leves, respectivamente. McGregor levou a melhor no combate e se tornou o primeiro da história a ostentar dois cinturões simultaneamente.

White comemorou o resultado e afirmou que apenas uma outra luta bastante inusitada poderia superar a nova marca. “Nós conseguimos. Nós batemos o recorde. Agora, vai ser preciso Jesus lutar contra o diabo para quebrarmos novamente”, disse, em entrevista reproduzida pelo site “MMA Junkie”.

O UFC não divulga oficialmente os números de pay-per-view de seus eventos, mas estima-se que o recorde seja do UFC 202, em agosto deste ano. A atração, também protagonizada por McGregor, teria vendido 1,6 milhão de pacotes. Na ocasião, o irlandês bateu Nate Diaz na decisão dos juízes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments