Ferguson dispara contra Khabib: “É uma p*** reclamona”

Segundo colocado no ranking dos leves, Ferguson não poupa o russo das críticas e afirma que merece ser o próximo desafiante

Ferguson vem de nove vitórias consecutivas no peso leve. Foto: Divulgação/UFC

Ferguson vem de nove vitórias consecutivas no peso leve. Foto: Divulgação/UFC

O peso leve Tony Ferguson foi, recentemente, elogiado por Khabib Nurmagomedov, mas parece que o tom ameno não é reciproco da parte do norte-americano. Número dois do ranking da categoria, El Cucuy, como é conhecido, não poupou o russo, 1º da lista, das críticas, e afirmou que não poupará o rival em uma eventual luta entre os dois.

Veja Também

Khabib esnoba McGregor: “Eu não ligo para ele, ligo para o cinturão”
Khabib revela treinos bizarros: “Fiz sparring com um leão”
Após bater Dos Anjos, Ferguson mira títulos em três categorias diferentes

“Deixando todas as bobeiras de lado, o cara (Khabib) é uma p*** reclamona. Ele pode reclamar o quanto quiser. (…) Como disse antes, não vou poupá-lo (Nurmagomedov) de uma surra. Ele merece uma vinda das minhas mãos. Com quem mais ele vai lutar? Ele quer lutar por um cinturão. (Eddie) Alvarez não vai lutar com ele. Vamos lá, cara. Esse cara está correndo de mim por um bom tempo. Ele tem corrido de mim. O pai dele foi o primeiro a dizer “sim, meu filho vai enfrentá-lo”, e o Khabib está indo para o lado contrário. Ele está chamando o Conor de frango e está fugindo de mim. Eu estou te chamando de frango. Então é um efeito cascata, cara. Estou te falando, todos têm medo do bicho-papão”, disparou Tony, em entrevista ao programa ‘The MMA Hour’ (EUA).

Questionado sobre por quais razões ele deveria ser o próximo desafiante ao campeão Conor McGregor, Ferguson, que bateu nomes como Rafael dos Anjos, Edson Barboza e Josh Thomson, fez questão de ressaltar seus números na organização. Segundo o lutador, ele sabe que sua oportunidade irá aparecer em breve.

“Ao invés de as pessoas dizerem “ei, você precisa lutar pelo cinturão”, ou “você precisa fazer isso, você precisa fazer aquilo”, estou balançando o meu dedo no ar e sigo andando em frente. Vou continuar fazendo o que estou fazendo, que é tomar conta da minha família e me acabar de treinar. E isso se transforma em vitórias e em prêmios de “performance da noite”. Agora tenho o quê, oito finalizações/nocautes em 12 lutas? Estou com nove vitórias seguidas. Estou com o quê, 22-3? M***, cadê meu title shot, cara? Não estou reclamando nem dizendo nada, porque sei que vai vir”, concluiu Ferguson.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments