McGregor recorre da multa de R$ 525 mil recebida após “guerra de garrafas”

Conor está impedido de atuar no estado de Nevada enquanto não pagar a multa aplicada pela Comissão Atlética de Nevada

McGregor (foto) vai recorrer da punição recebida.Foto: Josh Hedges/UFC

McGregor (foto) vai recorrer da punição recebida.Foto: Josh Hedges/UFC

Conor McGregor resolveu recorrer da multa milionária (cerca de R$ 525 mil) que recebeu da Comissão Atlética de Nevada, em virtude da “guerra” de garrafas d’agua e latas protagonizada ao lado de Nate Diaz durante  a coletiva de imprensa pré-UFC 202, em agosto deste ano. A informação é do site “MMA Fighting” (EUA).

Veja Também

“Guerra de garrafas” rende multa de R$ 525 mil a McGregor
Após multa milionária, McGregor não quer lutar mais em Las Vegas
Após ser multado, McGregor ironiza em post na internet

A multa, aplicada em outubro passado, ainda não foi paga, o que impede que McGregor lute no estado de Nevada enquanto a punição não for quitada. Além da multa, o irlandês terá que cumprir 50 horas de serviço comunitário e o comprometimento de desenvolver uma campanha anti-bullying em parceria com NAC. A mesma Comissão, inclusive, negou recentemente a licença para Conor lutar no boxe no estado.

A análise do recurso caberá à corte civil de Clark County, na cidade de Las Vegas, que vai decidir se reavalia ou não a decisão da Comissão de Nevada.

Nate Diaz, outro protagonista envolvido na confusão, ainda não foi ouvido, mas a data do julgamento do norte-americano deve ser anunciado em breve. A tendência, contudo, é que o norte-americano receba uma punição semelhante a de seu rival.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments