Canal Combate não transmite parte da luta principal do UFC 206 e gera protestos no Twitter

Emissora teve problemas com o sinal e não transmitiu cerca de 13 minutos da luta principal do UFC 206

Emissora não transmitiu cerca de 13 minutos da luta principal do UFC 206.(Foto: Getty Images)

Emissora não transmitiu cerca de 13 minutos da luta principal do UFC 206.(Foto: Getty Images)

Veja Também

UFC 206: Holloway conquista cinturão interino e desafia Aldo: “Vamos lutar no Brooklyn”
UFC 206: Brasileira estreia com vitória no card preliminar; Vannata aplica nocaute brutal

O canal Combate, que detém os direitos de transmissão do Ultimate no Brasil, não exibiu parte da luta principal do UFC 206, entre Max Holloway e Anthony Pettis. A emissora brasileira ficou sem ter o que fazer porque o sinal gerado pelo UFC falhou durante os dois primeiros rounds, retornando apenas na metade da terceira etapa.

Quando o relógio marcava cerca de dois minutos do terceiro round, a transmissão voltou ao normal, permitindo com que os telespectadores assistem o momento em que Max nocauteou o ex-campeão dos leves e conquistou o cinturão interino do peso pena. O sinal já tinha falhado durante o card preliminar, na luta entre Rustam Khabilov e Jason Saggo.

Sem opções e constrangidos, os apresentadores reprisaram os melhores momentos das outras lutas do card, incluindo um vídeo promocional do duelo entre Holloway e Pettis. O episódio irritou os fãs, que se manifestaram nas redes sociais.

Veja as reações no Twitter: 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário