Empresário posta foto para provar lesão no tornozelo de Holloway

Lesão no tornozelo seria principal motivo para não aceitar duelo com Aldo no UFC 208, em fevereiro

Empresário do havaiano publicou foto em rede social. (Foto: reprodução)

Empresário do havaiano publicou foto em rede social. (Foto: reprodução)

Max Holloway vem sendo criticado por José Aldo e sua equipe por não ter aceitado um duelo contra o brasileiro no UFC 208, dia 11 de fevereiro, no Brooklyn. No entanto, ao que tudo indica, o havaiano tem um real motivo para não lutar. Através de uma rede social, Brian Butler, empresário de Max, publicou uma foto que mostra o tornozelo do lutador bastante inchado.

Veja Também

Treinador de Aldo garante: “A gente vai atrás do Conor McGregor”
Holloway rebate Aldo e alega lesão para não lutar no UFC 208
Aldo diz que Holloway está “fugindo” e revela que deve disputar cinturão interino dos leves

“Fato 1: esta é a razão pela qual @BlessedMMA não poderá enfrentar Aldo em 11 de fevereiro. Fato 2: os raios-X mostram que ele lesionou de novo a mesma lesão que sofreu no primeiro round contra Conor (McGregor). Fato 3: os médicos disseram que ele não pode treinar ou ter impacto por seis semanas. Fato 4: Max não sabia sobre a data potencial da luta contra Aldo até Dana lhe dizer no cage e a adrenalina ainda estava fluindo, então ele não sentiu a lesão até o final das atividades do evento. Fato 5: Max não tem nenhuma hesitação em enfrentar Aldo e vai fazê-lo quando puder”, escreveu Butler na legenda da imagem.

Max Holloway se tornou campeão interino dos penas ao nocautear Anthony Pettis no UFC 206, dia 10 de dezembro. O lutador vem trocando diversas farpas com José Aldo, detentor do cinturão linear da categoria e próximo adversário do havaiano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments