Cris Cyborg é notificada por alteração em exame antidoping

Brasileira teria caído em teste feito fora de competição

Cyborg foi pega pela USADA (Foto: Getty Images)

Cyborg foi pega pela USADA (Foto: Getty Images)

O UFC anunciou, nesta quinta-feira (22), que Cris Cyborg caiu no teste antidoping administrado periodicamente pela USADA em atletas fora de competição.

Veja Também

Campeã Joanna Jedrzejczyk se divide entre Amanda e Ronda no UFC 207
A nove dias de evento, Rizin muda adversária de Gabi Garcia
Treinador de Aldo garante: “A gente vai atrás do Conor McGregor”

De acordo com o Ultimate, o teste que a brasileira fez no dia 5 de dezembro voltou com uma potencial violação à política Antidoping adotada pelo evento em parceria com a própria USADA. A companhia adiciona que Cris terá direito a um processo de revisão legal, que deve incluir testes na amostra B coletada, antes de qualquer sanção ser imposta.

Não há detalhes ainda de qual substância teria feito Cyborg reprovar no teste. Quando era campeã do Strikeforce, a brasileira foi pega com esteróides e perdeu seu título, além de sua licença na Comissão Atlética da Califórnia. A campeã do Invicta tem duas lutas no UFC e duas vitórias, sobre Leslie Smith e Lina Lansberg.

 

Veja a declaração do UFC (tradução livre):

“O UFC foi formalmente notificado hoje que a USADA informou a Cristiane “Cyborg” Justino de uma potencial violação à Política Antidoping em uma coleta feita fora de competição em 5 de dezembro de 2016.

A USADA, que é a administradora independente da Política Antidoping do UFC, vai tratar da gerência dos resultados e da adjudicação apropriada do caso. É importante notar que, dentro da Política Antidoping do UFC, há todo um processo de revisão legal que é dado a todos os atletas antes de qualquer sanção ser imposta.

Em consistência com todas as anteriores violações potenciais à Política Antidoping, informações adicionais ou declarações do UFC vão ser dadas no tempo apropriado enquanto o processo segue seu curso.”

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments