Campeão brasileiro do Bellator desafia Sonnen: ‘Quero superluta’

Rafael Carvalho, campeão peso médio do Bellator, quer enfrentar Chael Sonnen em seu próximo compromisso

R. Carvalho quer enfrentar C.Sonnen (Foto: Divulgação/Bellator)

R. Carvalho quer enfrentar C.Sonnen (Foto: Divulgação/Bellator)

A moda recente entre os lutadores é pedir por ‘superlutas’. Com Rafael Carvalho, campeão peso médio do Bellator, a história não é diferente. Detentor do cinturão da divisão até 84kg desde 2015, o brasileiro, que já realizou duas defesas de título, não quer saber de colocar seu reinado em jogo no próximo desafio. O foco do carioca é enfrentar o falastrão Chael Sonnen, que atua na divisão dos meio-pesados (até 93kg), e recentemente derrotou Wanderlei Silva por decisão unânime.

Veja Também

Overeem desabafa sobre Fedor: ‘Não é o melhor de todos os tempos’
Antes da revanche, Cormier alfineta Jones: ‘Não sei se vai aparecer’

“Eu quero desafiar o Sonnen. Ao invés de fazer mais uma defesa de título, quero essa superluta. Ele só tem aquele jogo de wrestling e eu acredito que depois que eu defender as suas três primeiras entradas de queda, ele não tentará mais. Para ser honesto, nada do que ele fez (contra o Wanderlei Silva) me surpreendeu. Ficar em pé e trocar com o Wanderlei não é para qualquer um e o Sonnen não é estúpido. Ele percebeu isso quando ele tentou e quase foi nocauteado”, declarou, em entrevista ao site ‘MMA Fighting’ (EUA).

Além de ter afirmado que não se impressionou com a atuação do norte-americano, Rafael mostrou confiança ao palpitar sobre qual seria o desfecho para uma possível luta entre eles. “Com uma joelhada no terceiro round. Eu iria induzir ele a fazer uma entrada de queda e encontraria aí a brecha para o meu joelho”, concluiu.

Apesar de revelar o desejo de enfrentar Sonnen, Carvalho já tem compromisso marcado para voltar ao cage circular do Bellator: ele enfrenta o ex-UFC Alessio Sakara no dia 9 de dezembro, em Florença, Itália. Ele se sagrou campeão da organização ao nocautear Brandon Halsey no Bellator 144, em outubro de 2015. Ele já defendeu seu cinturão em duas oportunidades, ambas contra Melvin Manhoef, a mais recente em abril passado, quando nocauteou o holandês. No Bellator desde 2014, o brasileiro venceu as cinco lutas realizadas na companhia. Aos 30 anos, soma 14 triunfos e apenas uma derrota em seu cartel, justamente em seu primeiro combate como profissional, em 2011.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments