Jimi Manuwa chama Daniel Cormier de gordo e dispara: ‘Ele que se f***’

Número 3 no ranking dos meio-pesados, Manuwa não poupou críticas ao atual campeão da categoria dos meio-pesados

Manuwa não poupou críticas a Cormier (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Manuwa não poupou críticas a Cormier (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Engana-se quem pensa que Jon Jones é o único desafeto de Daniel Cormier na divisão dos meio-pesados (até 93kg). O inglês Jimi Manuwa, número 3 no ranking da categoria, que enfrenta Volkan Oezdemir no UFC 214, dia 29 de julho, no mesmo card em que Cormier faz a revanche com Jones pelo cinturão, não poupou criticas ao atual campeão do peso.

Veja Também

Jones volta ao ranking do UFC e Ponzinibbio estreia no top-10
Após ter cinturão retirado, Germanie de Randamie enfrenta Reneau no UFC Holanda

“O Daniel Cormier que se f***. Ele é um wrestler gordo de m***, e eu realmente não me importo com o que ele diz. Todo mundo diz que ele é um cara bom, mas realmente não gosto dele. Ele me parece um valentão e não gosto de valentões. Ele tem o cinturão, é um grande lutador e tudo mais. O respeito por isso, mas realmente não gosto dele como pessoa. Não gosto de sua atitude junto aos outros lutadores. Ele é nariz em pé sobre as pessoas e coisas. Então, eu realmente não o respeito e não acredito que ele vá passar do segundo round comigo”, declarou Jimi, em entrevista ao programa ‘MMA-Panelen’.

Se passar por Oezdemir, o ’Poster Boy’, como é conhecido, se colocará ainda mais perto de uma chance pelo título da divisão, brigando diretamente com Alexander Gustafsson, seu parceiro de treinos. Embora reconheça que o sueco também mereça uma nova oportunidade de disputar o cinturão, Manuwa garantiu que está pronto para nocautear o próximo campeão dos meio-pesados, seja ele quem for.

“Se Jones ganha, acho que ele e o Alexander (Gustafsson) fariam uma luta enorme, mas, ao mesmo tempo, não lutei contra o Jon Jones. Acredito que Jon Jones será nocauteado se lutar comigo. Acredito DC não vai passar do segundo round quando lutar comigo. Alex lutou contra o Jones e o DC em duas lutas disputadas, assim ele contra qualquer um deles seria uma luta enorme. Eu contra qualquer um deles seria algo desconhecido, e, quando eu nocautear Oezdemir, enviarei ondas de choque por toda a divisão confirmando que sou o grande desafio”, concluiu.

Aos 37 anos, Manuwa vem de duas vitórias consecutivas, ambas por nocaute – derrotou Ovince St. Preux no UFC 204, em outubro de 2016, e Corey Anderson no UFC Londres, em março passado. Ao todo, soma seis resultados positivos e dois negativos na companhia.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments