Cyborg ignora desafio de Zingano e pede luta contra Holly Holm

Recém-coroada campeã peso pena do UFC, brasileira pensa em duelo contra norte-americana para dezembro

C. Cyborg (foto) quer defender título contra H. Holm (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

C. Cyborg (foto) quer pegar H. Holm (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

O desafio proposto por Cat Zingano entrou em um ouvido de Cris Cyborg e saiu pelo outro. A brasileira, recém-coroada campeã peso pena do UFC, ignorou a chamada de “Alpha” e declarou que pretende fazer sua primeira defesa de cinturão contra Holly Holm, ex-dona do título do peso galo e que também já foi desafiante ao cinturão dos penas.

Veja Também

Ponzinibbio usa redes sociais para desafiar ex-campeão interino do UFC
Em alta no UFC, Oezdemir desafia Gustafsson: ‘Vou te nocautear’
Cezar Mutante enfrenta Marquardt no UFC Norfolk, em novembro

Em seu site oficial, Cyborg elegeu o UFC 218, que está marcado para o dia 2 de dezembro, em Detroit (EUA), como a data ideal para enfrentar Holm. Ela está na cidade para acompanhar a amiga e boxeadora Claressa Shields, única mulher bicampeã olímpica de boxe, que luta pelo título mundial na nobre arte.

“Eu pedi pela luta contra Holly Holm (em Detroit). Seria perfeito, ela vem do boxe. Estou aqui, Detroit, pedindo por isso. Vamos ver o que vai acontecer. O Dana deu uma entrevista falando que adoraria promover essa luta e talvez pudesse ser em Detroit”, comentou Cyborg.

Curiosamente, Cris e Holly Holm se consideram colegas, já que treinaram juntas durante as gravações do filme “Fight Valley”, em que Cyborg interpreta uma vilã e Holm uma lutadora de rua. A ex-lutadora Miesha Tate, que perdeu para Holly no telão, mas a venceu no UFC, também participa do filme.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments