McGregor irá ganhar mais de US$ 100 milhões contra Mayweather

Irlandês garante que vai bater a marca após contar com vendas de mercadorias relativas à superluta do dia 26 de agosto

McGregor revelou salário (Foto: Reprodução/Facebook TheNotoriousMMA)

McGregor revelou salário (Foto: Reprodução/Facebook TheNotoriousMMA)

Talvez a principal motivação para que Conor McGregor abandone temporariamente o MMA em favor do boxe seja o dinheiro. E o irlandês revelou o valor que o fez buscar – e conseguir – uma luta contra o lendário Floyd Mayweather. De acordo com o campeão do UFC, seu salário total para entrar no ringue no dia 26 de agosto será de mais de US$ 100 milhões.

Veja Também

McGregor ironiza Aldo ao prometer nocaute em Mayweather: ‘Vai acabar apagado’
Mark Hunt enfrenta Marcin Tybura na luta principal do UFC Austrália
Ultimate divulga pôster do UFC 215, com Amanda e Cigano em destaque

“Notorious” garante que o valor será maior que esse número, pois conta com grandes vendas de mercadorias relacionadas ao evento, além de patrocínios pontuais, seu salário prometido e vendas de ingressos e pay-per-views.

“Eu tenho 100% de certeza que ganharei mais de US$ 100 milhões para essa luta. Eu acho até que vou ganhar mais do que Manny Pacquiao ganhou para enfrentar Mayweather. Vai ser mais de US$ 100 milhões, com certeza. Se juntarmos tudo que tenho uma porcentagem em relação ao evento, como venda de mercadorias, entre outras coisas, tenho certeza que ultrapassarei esse número”, comentou McGregor em entrevista ao site norte-americano MMA Fighting, garantindo também que a superluta só está tendo tanta atenção da mídia e dos fãs por sua causa.

“Quem está ganhando na promoção? Eu apareço a toda hora, viralizo a todo momento nas redes sociais. O casaco de pele, o terno com os dizeres “F…-se”, o dinheiro e tudo. É tudo por minha causa. Se eu não estou aqui, então tudo o que as pessoas têm é Floyd em uma loja da Gucci fazendo compras. E, podem ter certeza, vou trazer para casa cada dólar disso”, declarou em uma coletiva de imprensa.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments