Ngannou descarta criticar Cigano por doping: ‘Problemas acontecem’

Ngannou evitou fazer criticas a Cigano, mas não escondeu sua decepção por ter o duelo contra o brasileiro cancelado

Ngannou evitou criticar Cigano (Foto:Reprodução/Twitter/FrancisNgannou)

Ngannou evitou criticar Cigano (Foto:Reprodução/Twitter/FrancisNgannou)

A saída de Junior Cigano do UFC 215 após o brasileiro ser flagrado em um exame antidoping deixou Francis Ngannou sem adversário para o dia 9 de setembro, em Edmonton (CAN). Número 4 no ranking dos pesados, o francês sabe da dificuldade que a organização vem tendo para encontro um novo oponente, uma vez que quase todos os lutadores ranqueados da divisão já possuem compromissos marcados. Sem esconder sua decepção, ele admite que deve ser retirado do card, mas evita culpar Cigano pelo ocorrido.

Veja Também

Após saída de Cigano do UFC 215, Francis Ngannou desafia Overeem
Cigano diz que segue treinando, mesmo com luta cancelada

“Acho que tudo é possível. Não posso julgá-lo porque sei que problemas podem acontecer. Alguns produtores usam produtos ilegais para fazer (o suplemento) ser mais eficiente. Mas, para nós lutadores, isso não é legal. Por isso nunca uso. Todos os dias da minha vida eram sobre a luta, sobre estar focado na luta. Me sinto como se estivesse perdido, não sei o que fazer e nem o que falar no momento. Não foram boas notícias”, declarou, em entrevista ao site ‘MMA Junkie’.

Francis Ngannou está invicto no UFC, tendo vencido as cinco lutas que realizou na companhia, todas pela via rápida – quatro nocautes e uma finalização. Seu triunfo mais recente foi em janeiro deste ano, quando precisou de apenas 92 segundos para nocautear o ex-campeão Andrei Arlovski. Aos 30 anos, seu cartel tem dez vitórias e apenas uma derrota.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments