Dana indica que fará McGregor x Ferguson: ‘É a luta a ser casada’

Dana White, presidente do UFC, desmentiu trilogia entre McGregor e Nate Diaz e indicou que o irlandês enfrentará Tony Ferguson

Dana indicou que McGregor enfrentará Ferguson em breve (Foto:Reprodução/Youtube UFC)

Dana indicou que McGregor enfrentará Ferguson em breve (Foto:Reprodução/Youtube UFC)

Se depender de Dana White, presidente do Ultimate, o retorno de Conor McGregor ao octógono será contra Tony Ferguson, que se sagrou campeão interino dos leves ao finalizar Kevin Lee na luta principal do UFC 216, no último sábado (07), O dirigente tratou de desmentir o boates de uma possível trilogia entre Conor e Nate Diaz, afirmando que o duelo pela unificação dos cinturões é o único plausível para o atual momento da categoria até 70kg.

Veja Também

Vídeo: Melhores momentos da vitória de Tony Ferguson sobre Kevin Lee no UFC 216
UFC 216: Em luta movimentada, Ferguson finaliza Lee e conquista o cinturão interino dos leves

“Sê tem o campeão e o campeão interino, essa é a única luta a ser casada agora. Não é verdade (que o Diaz pode enfrentar o Conor novamente). Nunca tivemos uma conversa sobre isso. McGregor quer lutar de novo esse ano. (Após a luta contra o Floyd Mayweather) nós fomos comemorar em Ibiza por um tempo e voltamos pra casa. Você tem que deixá-lo curtir um pouco e aí vamos tentar decidir sobre o futuro”, declarou White, em entrevista logo após o evento.

Apesar de indicar que McGregor x Ferguson vai acontecer em um futuro próximo, Dana garantiu que ainda não há uma data certa para o combate acontecer, embora prefira que seja ainda em 2017. O presidente aproveitou, também, para sair em defesa do ‘Notório’, dizendo que o irlandês não escolhe seus adversários no UFC.

“Quando? Em dezembro? Vamos ver o que vai acontecer. Eu adoraria vê-lo lutar esse ano. (…) Eu já disse milhões de vezes: Conor McGregor nunca negou uma luta. Ele inclusive me disse que iria para a Rússia enfrentar o Khabib. Conor não recusa lutas. Então não é questão de ‘Ah o Conor não quer enfrentar o Ferguson’. Obviamente, o Conor teve a oportunidade de fazer muito dinheiro e eu senti que deveria pelo menos tentar fazer essa luta aconteceu e foi o que fizemos. Porém, eu gostaria de voltar aos negócios e ver algumas defesas de título”, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments