Evento na Irlanda tem agressão de córner a ex-lutador do UFC

Norman Parke levou soco de treinador do adversário, Mariusz Gamrot, após luta sem resultado no KSW 40

 

Parke reage a agressão (Foto: Reprodução Twitter KSW_MMA)

Parke reage a agressão (Foto: Reprodução Twitter KSW_MMA)

O evento polonês KSW realizou sua 40ª edição na Irlanda, no último domingo (22), e apesar de grandes combates, ficou marcado pela confusão após a luta co-principal da noite. Após o duelo entre Norman Parke, ex-lutador do UFC, e Mariusz Gamrot ter ficado sem resultado, um dos responsáveis pelo córner de Gamrot iniciou uma briga generalizada após dar um soco no rosto de Parke.

Veja Também

Com nariz quebrado, Cerrone recebe suspensão médica de 180 dias
Árbitro explica bronca em McGregor durante o UFC Polônia

O duelo era válido pelo cinturão peso leve da organização, mas acabou encerrado durante o segundo round, quando Gamrot media a distância com a palma da mão aberta e acabou colocando o dedo no olho de Parke. O norte-irlandês não conseguiu continuar e o combate acabou ficando como No Contest (sem resultado). Após o anúncio do resultado, as equipes dos dois lutadores se estranharam e um dos treinadores de Gamrot soltou um golpe em Parke.

O KSW 40 também contou com a primeira defesa de cinturão da brasileira Ariane Lipski. Campeã peso mosca do evento, a lutadora da Rasthai Temple finalizou a compatriota Mariana Morais, companheira de Jéssica Bate-Estaca na PRVT, com apenas 58 segundos de luta. Já o ex-UFC Paulo Thiago acabou derrotado por nocaute por Michal Materla, que chegou a assinar com o Ultimate, mas desistiu do contrato com a organização para seguir no KSW.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário