Morre técnico de Kevin Lee, Miesha Tate e Randy Couture

Apesar de causa da morte não ter sido divulgada, todos os sinais apontam para Robert Follis ter se suicidado

R. Follis (dir) posa com aluna M. Tate (esq) (Foto: Reprodução Instagram MieshaTate)

R. Follis (dir) posa com aluna M. Tate (esq) (Foto: Reprodução Instagram MieshaTate)

O técnico de MMA Robert Follis foi encontrado morto no último fim de semana. Responsável por treinar diversos grandes nomes do esporte, como os ex-campeões Miesha Tate e Randy Couture, além de Kevin Lee e Dan Henderson, Follis foi homenageado através das redes sociais por vários de seus ex-pupilos. A causa da morte não foi divulgada, mas segundo jornalistas norte-americanos, Follis se suicidou.

Veja Também

UFC Winnipeg: Rafael Dos Anjos domina Lawler e pede luta pelo cinturão
Vídeo: Veja como Ponzinibbio dominou Mike Perry no UFC Winnipeg
Segurança de Neymar leva bônus por nocaute no UFC Winnipeg

O treinador trabalhou em dois dos maiores camps da história do esporte, iniciando sua carreira na Team Quest, com Randy Couture, Dan Henderson, Matt Lindland, Nate Quarry, entre outros, e depois seguindo o ex-campeão pesado e meio-pesado do UFC para Las Vegas, onde foi um dos principais treinadores da Xtreme Couture. Lá, Follis treinou Kevin Lee, Miesha Tate, entre outros, mas deixou sua posição na equipe neste mês.

“Robert era um mentor, amigo, treinador, professor e filósofo das artes marciais para muitos de nós. É com muito pesar que escrevo esse tributo a ele. A morte é como o sol. Não há como escapar dela. Ela entra em todas as partes das nossas vidas, mas não faz sentido encará-la por muito tempo. Isso se torna um desafio quando alguém que você conhece e ama acaba com sua própria vida. É nesta posição que Robert esteve desde que seu irmão morreu há dois anos, e é aonde estamos agora. É fácil se deixar levar pela urgência de viver o tempo limitado que temos na nossa vida (…) Robert foi um herói para muitos e heróis têm a Terra inteira como seus túmulos (…)”, escreveu Randy Couture através de suas redes sociais.

Outro a lamentar a morte de Follis foi Dana White. O presidente do UFC revelou que encontrou o treinador no Instituto de Performance do UFC há uma semana e eles se cumprimentaram de longe. O dirigente declarou que gostaria de ter parado para falar com ele se soubesse que seria a última vez que o veria.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments