McGregor elogia Edgar após derrota no UFC 222: ‘Sua carreira merecia que essa luta fosse comigo’

Irlandês, que se ofereceu para encarar Frankie Edgar no UFC 222, rasgou elogios ao rival mesmo após ter sido duramente criticado

C. McGregor mandou recado a Edgar (Foto: Reprodução Twitter UFC)

A polêmica entre Conor McGregor e Frankie Edgar ganhou, pelo menos por enquanto, seu capítulo final na madrugada deste domingo (04). Após o irlandês se oferecer para substituir Holloway na luta principal do UFC 222 e encarar o norte-americano, a equipe de Frankie negou veementemente que a disputa tenha sido cogitada. Agora, após Edgar ser nocauteado por Brian Ortega no show, McGregor fez questão de elogiar o rival.

Veja Também

Edgar responde McGregor: ‘Ele quer lutar comigo? Seria ótimo’
Empresário de Edgar responde McGregor e provoca: ‘prostituta velha’
UFC 222: Ketlen Vieira vence Cat Zingano e pede chance por cinturão
UFC 222: Cyborg atropela russa, defende cinturão e aceita desafio de Amanda Nunes

Através de uma publicação no Twitter, o ‘Notório’, preferiu não se alongar no atrito e chamou Edgar de ‘lutador dos lutadores’

“A carreira do Frankie merecia que essa luta tivesse sido comigo nessa noite. Respeito o Frankie. Amor e respeito, sempre! Um verdadeiro lutador dos lutadores”, postou o irlandês no microblog.

Dana White explica

Apesar de ter sido nego pela equipe de Frankie Edgar, Conor McGregor realmente se ofereceu para substituir Max Holloway e encarar Frankie Edgar no UFC 222. A confirmação foi feita por Dana White, presidente do Ultimate. Porém, o dirigente alegou que o irlandês não integra mais a divisão de penas e que Brian Ortega já tinha aceitado a disputa.

Com isso, a luta principal do UFC 222 ficou a cargo da brasileira Cris Cyborg contra a russa Yana Kunitskaya pelo cinturão peso pena feminino.

Veja a publicação no Twitter de Conor McGregor

Notícias relacionadas