UFC 222: Cyborg atropela russa, defende cinturão e aceita desafio de Amanda Nunes

Cris Cyborg precisou de pouco mais de três minutos para derrotar a russa Yana Kunitskaya por nocaute e defender o cinturão dos penas pela segunda vez no UFC

Cyborg defendeu o cinturão no UFC 222 (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

A russa Yana Kunitskaya bem que tentou, mas o mundo do MMA ainda não conhece uma atleta capaz de parar Cris Cyborg. Na luta principal do UFC 222, evento realizado neste sábado (03), em Las Vegas (EUA), a brasileira mostrou porque é a maior lutadora de todos os tempos. Ela precisou de pouco mais de três minutos para nocautear a rival e defender o cinturão peso pena feminino (65,7 kg.) pela segunda vez. Ao final da disputa, a paranaense mandou o recado para a compatriota Amanda Nunes, campeã da divisão de galos (até 61,2 kg.), que havia a desafiado pelas redes sociais.

Veja Também

Vídeo: Assista à vitória de Cris Cyborg sobre Yana Kunitskaya no UFC 222
UFC 222: Ketlen Vieira vence Cat Zingano e pede chance por cinturão
UFC 222: ‘Nova Ronda’, Mackenzie Dern sofre para vencer na estreia

‘Eu quero enfrentar Amanda Nunes na minha próxima luta. É brasileira contra brasileira. É triste, mas ela pediu e eu estou pronta para enfrentá-la.’, afirmou Cris ainda no octógono.

Além de Cyborg, o programa de lutas do UFC 222 trouxe mais três representantes do país em ação: no card preliminar, Pedro Munhoz foi superado por John Dodson, enquanto a brasilo-americana Mackenzie Dern derrotou Ashley Yoder na decisão. Já na porção principal, Ketlen Vieira passou por Cat Zingano e ficou próxima do cinturão da divisão de galos do Ultimate.

Cyborg atropela Kunitskaya

Cyborg precisou de apenas dois segundos para acertar a primeira combinação de esquerda e direita e balançar Kunitskaya. A russa sentiu e buscou a queda de forma desesperada.  Cyborg ficou por baixo no chão, e a desafiante tentou dominar suas costas na grade. Porém, muito mais forte, a brasileira saiu da pressão com muita tranquilidade. Assim que saiu do jogo de clinch, Cris partiu para encerrar a disputa. Ela combinou uma sequência de golpes que derrubou Kunitskaya. Já por cima no chão, a campeã só precisou de mais alguns socos para chegar ao nocaute técnico em 3m25s de luta.

Resultados do UFC 222

CARD PRINCIPAL

Peso pena: Cris Cyborg derrotou Yana Kunitskaya por nocaute técnico a 3m25s do R1

Peso pena: Brian Ortega derrotou Frankie Edgar por nocaute a 4m44s do R1

Peso galo: Sean O’Malley derrotou Andre Soukhamthath na decisão unânime dos juízes (29-27, 29-27, 29-28)

Peso pesado: Andrei Arlovski derrotou Stefan Struve na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso galo: Ketlen Vieira derrotou Cat Zingano na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso palha: Mackenzie Dern derrotou Ashley Yoder na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso leve: Alexander Hernandez derrotou Beneil Dariush por nocaute a 42s do R1

Peso galo: John Dodson derrotou Pedro Munhoz na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 30-27)

Peso médio: CB Dollaway derrotou Hector Lombard por desclassificação a 5m do R1

Peso meio-médio: Zak Ottow derrotou Mike Pyle por nocaute técnico a 2m34s do R1

Peso galo: Cody Stamann derrotou Bryan Caraway na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso meio-pesado: Jordan Johnson  derrotou Adam Milstead na decisão unânime dos juízes (29-28, 27-30, 29-28)

Notícias relacionadas