UFC 222: ‘Nova Ronda’, Mackenzie Dern sofre para vencer na estreia

Em sua primeira luta no octógono, brasileira-americana derrota Ashley Yoder em uma apertada decisão; Pedro Munhoz é superado por John Dodson

Dern (esq.) sofreu, mas venceu na estreia no UFC. Foto: Reprodução / Divulgação / Instagram UFC

Foi mais sofrido que o esperado, mas Mackenzie Dern estreou no Ultimate com vitória. A brasilo-americana chegou ao octógono com moral para se tornar a ‘nova Ronda Rousey’. Bela, invicta e especialista em finalizações. Mas o debute no octógono foi sofrido. A dura Ashley Yoder, vinha de duas derrotas consecutivas, mas engrossou o jogo para a faixa-preta, que só conseguiu o trinfo na decisão dividida dos juízes. O combate fechou o card preliminar do UFC 222, evento que acontece neste sábado (03), em Las Vegas (EUA).

O Brasil teve mais um representante no programa de abertura do UFC 222. O paulista Pedro Munhoz perdeu sua série de triunfos consecutivos diante do duro John Dodson, na decisão dividida dos juízes.

Mackenzie Dern sofre, mas vence…

Veja Também

UFC 222: Cyborg atropela russa, defende cinturão e aceita desafio de Amanda Nunes
Vídeo: Assista à vitória de Cris Cyborg sobre Yana Kunitskaya no UFC 222
UFC 222: Ketlen Vieira vence Cat Zingano e pede chance por cinturão

Com emoção! Assim pode ser resumida a estreia de Mackenzie Dern no octógono. Especialista na luta de solo, a bicampeã mundial de jiu-jitsu começou a luta se arriscando na troca de golpes. Dern, mesmo sem técnica de boxe, mostrou coragem e caminhou para frente soltando duros socos. Yoder não conseguiu responder as investidas da lutadora, que nasceu nos EUA, mas é filha do brasileiro Welligton Megaton. Mackenzie ainda tentou a queda em algumas oportunidades, mas Ashley defendeu todos os ataques.

No segundo round, Dern mantinha o plano de caminhar para frente pressionando Yoder. Mas a norte-americana se aproveitou da brecha deixada pela estreante na luta em pé. Ela conectou um direto de encontro e derrubou a faixa-preta, que se levantou rápido.  A partir daí, Yoder fez uso da maior envergadura para controlar a distância, frustrando Dern

O terceiro round seguia o mesmo caminho a favor de Yoder. A norte-americana frustrou as tentativas de queda de Mackenzie e mantinha a disputa na média distância. Mas nos 90 segundos finais, Mackenzie tirou um coelho da cartola. Ela conseguiu derrubar Yoder e chegar rapidamente às costas.  A brasilo-americana soltou golpes na cabeça da rival e chegou perto do estrangulamento, mas Ashley evitou o mata-leão de todas as formas até o gongo soar.

Ao final, Mackenzie Dern foi declarada vencedora na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28).

“Foi bom para mostrar que eu também posso trocar, e que não sou somente uma lutadora de jiu-jítsu. Claro que o chão e a minha casa, mas eu estou feliz com a forma como a vitória aconteceu”, disse Mackenzie Dern após a luta.

Pedrinho faz luta dura, mas perde para Dodson

A escalada de Pedro Munhoz na divisão de galos foi interrompida no UFC 222. O brasileiro, que vinha de quatro vitórias consecutivas parou diante de John Dodson. Em uma luta equilibrada, o norte-americano venceu na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 30-27).

O combate começou com Pedrinho tomando a iniciativa da luta. Por sua vez, Dodson mostrou boa velocidade para escapar das investidas do brasileiro e era sempre perigoso no contra-ataque. Munhoz abusou dos chutes na linha de cintura, mas na maioria das investidas, John segurava o ataque e conectava o contragolpe.

O brasileiro voltou pressionando no segundo round, mas o norte-americano evitou ficar no raio de ação. Sem desistir do plano, Pedrinho continuou caminhando pra frente e teve seu bom momento quando encaixou uma boa combinação e  Dodson chegou a sangrar. No minuto final, Munhoz cresceu na disputa e conectou bons golpes.

Pedrinho tentou manter o bom momento no terceiro assalto, mas Dodson recuperou a agilidade e não parou na frente do brasileiro. O norte-americano ainda conectava golpes rápidos e abria frente nas papeletas. No minuto final, Munhoz partiu para o tudo ou nada e conseguiu derrubar o norte-americano. Dodson, contudo, se colocou de joelhos rapidamente, e não deixou Munhoz avançar no solo. O paulista acabou desistindo e partindo para a troca franca nos 10 segundos finais, em que ambos os lutadores acertaram duros golpes, mas nenhum conseguiu o nocaute.

Resultados do card preliminar do UFC 222

Peso palha: Mackenzie Dern derrotou Ashley Yoder na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso leve: Alexander Hernandez derrotou Beneil Dariush por nocaute a 42s do R1

Peso galo: John Dodson derrotou Pedro Munhoz na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 30-27)

Peso médio: CB Dollaway derrotou Hector Lombard por desclassificação a 5m do R1

Peso meio-médio: Zak Ottow derrotou Mike Pyle por nocaute técnico a 2m34s do R1

Peso galo: Cody Stamann derrotou Bryan Caraway na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso meio-pesado: Jordan Johnson  derrotou Adam Milstead na decisão unânime dos juízes (29-28, 27-30, 29-28)

Notícias relacionadas