‘Serei melhor que a Ronda’, afirma Luana Pinheiro após a vitória no Brave

Considerada a nova Ronda, Luana Pinheiro finaliza sua primeira luta internacional ainda no primeiro round

Luana Pinheiro, conhecida como nova Ronda (foto:reprodução facebook Luana Pinheiro)

Loira, bonita, faixa preta de judô e boa de luta. Se você acha que estamos falando de Ronda Rousey, está enganado. A brasileira Luana Pinheiro inicia a sua carreira no MMA e já sonha alto: ela quer ser maior que a ex-campeã do UFC.

Veja Também

Brave 11: Lucas Mineiro conquista título dos leves em casa e Klidson mantém cinturão
Rafael dos Anjos provoca Colby Convigton: ‘Quer pular fora da luta’
Dustin Poirier agradece ao adversário após a vitória no UFC Glendale

“Ser comparada com a Ronda é inevitável. Eu vim do judô e ela também. Eu não vou ser a nova Ronda. Serei melhor que a Ronda, ela parou e eu vou continuar”, afirmou Luana em entrevista a reportagem após sua vitória sobre Elaine Leal no Brave 11, realizado na última sexta-feira (13).

A lutadora, de 25 anos, finalizou  a luta com um mata-leão no primeiro round, em sua primeira aparição em um evento internacional. Ela emplacou o quarto triunfo em cinco lutas como profissional. Apesar da rápida finalização, Luana revelou que estava nervosa antes de subir no cage.

“Estou muito feliz. Estava muito nervosa e ansiosa, mas eu trabalhei duro e treinei muito. Sabia que estava preparada para lutar em pé, lutar no chão. Todas as minhas lutas eu finalizei. Não vou falar que fui preparada para finalizar, mas eu estava focada em dar o meu melhor. Meu objetivo era ganhar”, completou.

Com o objetivo de ser tornar ainda maior que Ronda Rousey, Luana ainda não almeja desafios maiores e, no momento, só pensa em descansar após o triunfo. “Ainda não sei. Assinei o contrato com o Brave de três lutas. Vou esperar para ver quando e onde vai ser. Quero pelo menos uma semana de férias”, encerrou.

Notícias relacionadas