McGregor enviou carta de desculpas para Karolina Kowalkiewicz após ataque a ônibus no UFC 223

A lutadora polonesa afirma que não tem interesse de processar MCGregor, pois crescendo em Lodz viu coisas piores

No UFC 223 K. Kowalkiewicz venceu Felice Herrig por decisão.
(Foto: Reprodução/Instagram Karolina Kowalkiewicz)

Em abril, durante media day do UFC 223 em Nova York, o irlandês Conor McGregor jogou um carrinho na janela de um ônibus no qual estavam os lutadores do evento em uma busca por Khabib Nurmagomedov. Com a agressão, alguns lutadores como Ray Borg e Michael Chiesa, ficaram feridos.

Veja Também

Ataque de McGregor força cancelamento de três lutas do UFC 223
Confusões de McGregor provocam mudanças no UFC 223. Saiba quem lutará no evento
UFC 223: Khabib Nurmagomedov espanta zebra, conquista cinturão e esnoba McGregor

Após o tumulo, McGregor divulgou as desculpas aos combatentes que foram afetados por sua violência. O irlandês enviou uma carta de desculpas a Karolina Kowalkiewicz. A lutadora afirma que não irá processar McGregor pelo ataque.

“Vi Conor McGregor bater nas janelas e, em seguida, vi Rose Namajunas chorando enquanto Pat protegia seu rosto. O rosto de Chiesa estava manchado de sangue. Meus treinadores me disseram para me esconder, mas eu queria ver o que estava acontecendo, mas eles me mantiveram sob os assentos. E é tudo, na minha opinião… Conor se inclinou um pouco, ele provavelmente percebeu o que aconteceu depois e escreveu uma carta de desculpas para mim. Não tenho intenção de processar ninguém. Crescendo em Lodz, vi coisas piores”, explicou Kowalkiewicz sobre o fato.

Karolina Kowalkiewicz venceu Felice Herrig por decisão no UFC 223. A polonesa tem um cartel de 14 lutas sendo 12 vitórias e duas derrotas.

McGregor provavelmente ficará fora de ação por algum tempo, pois enfrenta o impacto legal de suas ações no Brooklyn.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário