‘Homem Mais Forte do Mundo’ é azarão na luta principal do KSW 44

Mariusz Pudzianowski encara Karol Bedorf; Wagner Caldeirão e Daniel Torres representam o Brasil no show

M. Pudzianowski luta no KSW. Foto: Reprodução

Se você busca uma opção diferente para apostar em MMA no próximo final de semana, a melhor pedida é o KSW 44, que acontece neste sábado (09), na Ergo Arena, em Gdansk, na Polônia.

Em sua edição de número 44, o evento terá como principal atração o combate entre os pesos-pesados Mariusz Pudzianowski, ‘O Homem Mais Forte do Mundo’ e Karol Bedorf, mas os brasileiros Daniel Torres e Wagner Prado também marcarão presença enfrentando, respectivamente, Filip Wolański e Chris Fields.

O KSW (sigla para Konfrontacja Sztuk Walki), é um verdadeiro fenômeno no país do leste europeu, e o sucesso local de seus lutadores chega a ser maior do que o dos contratados pelo UFC.

MMA na Polônia é KSW, provavelmente como MMA é UFC nos EUA. A maioria dos lutadores poloneses no UFC são ex-lutadores do KSW. Nossos lutadores do KSW são muito mais populares aqui e têm mais seguidores que os lutadores do UFC.”, garante Martin Lewandowski, CEO e proprietário da franquia.

Mariusz Pudzianowski x Karol Bedorf

A principal luta da noite colocará frente a frente os pesos-pesados Mariusz Pudzianowski, eleito cinco vezes o “Homem mais forte do mundo”, e o ex-campeão da divisão, Karol Bedorf.

Pudzianowski vem de três vitórias consecutivas, incluindo as finalizações sobre Popek Monster e o também ex-campeão dos mais fortes do mundo, Tyberiusz Kowalczyk. Mais recentemente, no KSW 40, em Dublin, na Irlanda, o megastar polonês obteve uma vitória decisiva sobre o veterano do UFC e do Bellator Jay Silva, no evento principal do 3Arena. O lutador de 40 anos tem ainda outras vitórias notáveis ​​na carreira, como as sobre Sean McCorkle, Oli Thompson, Butterbean, Rolles Gracie Jr. e Bob Sapp.

Bedorf, que originalmente estava escalado para competir na KSW 42, em 3 de março, foi campeão dos pesos-pesados da KSW por mais de três anos. O título foi conquistado na KSW 24, em 2013, com uma vitória por nocaute sobre a lenda polonesa dos esportes de luta, Pawel Nastula. Ele defendeu seu cinturão contra James McSweeney, Rolles Gracie Jr. e Michal Kita antes de perde-lo na KSW 37 para Fernando Rodrigues Jr. Depois desta luta, o polonês ficou parado durante o ano de 2017 tratando uma lesão, mas retorna disposto a recuperar seu posto.

De acordo com o Oddsshark, o ex-campeão é o favorito, proporcionando um rendimento de 40%. Se der Pudzianowski, o apostador colocará no bolso R$ 2,95 por cada real investido.

Filip Wolański x Daniel Torres

O primeiro brasileiro a subir no octógono será o peso-pena Daniel Torres, que terá uma parada duríssima contra um representante local, Filip Wolański.

Wolanski chega para esta luta embalado por duas vitórias consecutivas sobre Bartłomiej Kopera e Denilson Neves. Aos 26 anos, o lutador atravessa uma ótima fase, com 10 triunfos em seus 11 últimos compromissos. Sua única derrota aconteceu no KSW 35, quando encarou Marcin Wrzosek, ex-campeão da divisão. Agora, ele quer dar continuidade a essa impressionante trajetória diante de Daniel Torres, que fará a sua estreia pelo KSW.

O brasileiro deu uma guinada em sua carreira depois de perder suas duas primeiras lutas profissionais, entre o final de 2012 e meados de 2013. Desde então, emplacou sete vitórias nas últimas oito lutas, quatro delas por nocaute. O lutador de 24 anos espera estrear com o pé direito na franquia, silenciando a torcida polonesa em Gdansk.

O favoritismo, porém, estará do outro lado. De acordo com o Oddsshark, a vitória do polonês está cotada em R$ 1,58/R$ 1,00, enquanto o triunfo de Torres apresenta um rendimento de 140%.

Chris Fields x Wagner Caiderão

O veterano do UFC Wagner Prado é o mais novo contratado do KSW, e logo em sua estreia, o brasileiro enfrentará o ex-campeão do Cage Warriors, Chris Fields.

Desde a sua saída da franquia de Dana White, no início de 2013, Prado entabulou uma série de quatro vitórias e apenas uma derrota, diante do russo Magomed Ankalaev, no WFCA 38. Em seu último compromisso, no Katana Fight, em novembro do ano passado, voltou a triunfar em grande estilo ao nocautear Armando Sixel com uma joelhada.

Fields, por sua vez, também acumula vitórias desde que passou para a divisão dos meio-pesados. Em suas lutas mais recentes, finalizou Dan Konecke no primeiro round no BAMMA 24, para em seguida levar a melhor sobre Michal Fijalka por decisão unânime na sua estreia pelo KSW.

O vencedor desta luta muito provavelmente ganhará o direito de disputar o cinturão contra Tomasz Narkun, atual campeão da divisão dos meio-pesados.

Assim como Daniel Torres, Wagner Prado não subirá ao octógono na condição de favorito. Sua vitória está cotada em R$ 2,35/R$ 1,00, contra os R$ 1,60/R$ 1,00 que serão pagos se o vencedor for o irlandês.

Card do KSW 44

(R$ 2,95) Mariusz Pudzianowski x Karol Bedorf (R$ 1,40)

(R$ 2,50) Tomasz Oświeciński x Erko Jun (R$ 1,54)

(R$ 1,87) Gracjan Szadziński x Paul Redmond (R$ 1,87)

(R$ 1,60) Chris Fields x Wagner Caiderão (R$ 2,35)

(R$ 1,58) Filip Wolański x Daniel Torres (R$ 2,40)

(R$ 1,33) Dawid Gralka x Sebastian Przybysz (R$ 3,30)

(R$ 1,13) Michał Materla x Martin Zawada (R$ 5,75)

(R$ 1,69) Łukasz Rajewski x Leo Zulić (R$ 2,15)

(R$ 1,35) Kleber Koike Erbst x Marcin Wrzosek (R$ 3,20)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário