Em caso de vitória, Rashad Evans deve anunciar aposentadoria após UFC 225

O lutador norte-americano acredita que para continuar lutando precisa estar emocionalmente e espiritualmente bem

Evans vem de quatro derrotas consecutivas (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Mais uma lenda do MMA pode anunciar a aposentadoria nos próximos dias. Rashad Evans que luta contra Anthony Smith pelo UFC 225, neste sábado (09) em Chicago (EUA) pode estar perto de ‘pendurar as lutas’. O ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) vem de quatro derrotas consecutivas, e admite que caso vença o embate, pode se retirar do MMA.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Evans explicou as condições para continuar lutando aos 38 anos. “Eu sempre disse que queria continuar lutando até que fosse certo para mim, emocionalmente e espiritualmente. E se eu ganhar quem sabe… quem sabe o que pode acontecer”, explicou Rashad.

Veja Também

Sem vencer desde 2013, Rashad Evans anuncia retorno aos meio-pesados
Antecipe suas apostas para o UFC 225 e aumente sua margem de lucro

Para a luta contra Smith, o campeão do TUF 2 voltou a sua categoria de origem o peso meio-pesado (até 93 kg) onde foi campeão o UFC. Rashad admitiu que está bem na antiga divisão, mesmo sendo mais baixo que os rivais.

“Eu me sinto muito bem, posso comer normalmente, não preciso me preocupar com perda de peso. Me sinto com muito mais energia. Ainda estou 5 pounds (2,2 kg) abaixo do limite, posso comer o quanto eu quiser sem problemas”, concluiu Evans.

Rashad Evans aos 38 anos tem um cartel no MMA de 27 lutas, 19 vitórias, sete derrotas e um empate. Sua última luta foi a derrota para Sam Alvey em agosto de 2017.

A carreira de Evans iniciou em 2004 quando venceu o TUF 2 . O norte-americano iniciou uma sequência de sete vitórias até encontrar o brasileiro Lyoto Machida no octógono. O embate foi em setembro de 2009, onde foi nocauteado pelo “The Dragon” e perdeu o cinturão dos meio-pesados que havia conquistado após triunfo sobre Forrest Griffin.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário