Tyron Woodley dispara contra Covington: ‘Nunca na minha vida quis massacrar tanto alguém’

Em transmissão pelo Instagram, Woodley prometeu que iria acabar com o rival para que ele não possa voltar ao octógono do UFC

Woodley (foto) afirma que Covington é uam vergonha para o MMA. (Foto: Getty Images)

Tyron Woodley campeão linear dos pesos meio-médios parece ter perdido a paciência com detentor do titulo interino da divisão Colby Covington após tantas provocações. Logo depois a conquista do adversário no sábado (09) durante o UFC 225, “T-Wood” realizou uma transmissão ao vivo em seu Instagram com ameaças contra o “Caos”.

Veja Também

Covington vence Rafael dos Anjos, conquista cinturão e chama brasileiro de ‘animal imundo’
Vídeo: Assista à vitória de Colby Covington sobre Rafael dos Anjos

O campeão norte-americano prometeu ‘acabar’ com Covington para que ele não possa voltar ao Ultimate.  “Nunca na minha vida, nunca na minha carreira, nunca na minha existência eu quis massacrar tanto alguém, envergonhar tanto alguém, acabar tanto com a carreira de alguém, tirar tanto a vida de alguém. Não falo isso no sentido figurado. Literalmente, vou tentar machucá-lo tanto que ele não possa voltar a lutar novamente no UFC. É um fato”, ameaçou.

Woodley ainda declarou que Colby é uma vergonha para o esporte. “É uma vergonha que ele seja da American Top Team. Estou com vergonha por ele fazer parte do nosso esporte. É uma vergonha que ele esteja em nossa categoria, porque ele é uma chacota para o esporte”, disse.

Em resposta a Covington, Tyron disse que o oponente nunca o derrubou em um treinamento na Amarican Top Team. Os dois atletas eram companheiros na academia norte-americana.

“O cara nunca me derrubou na vida. Ele nunca, nunca ganhou um milésimo de segundo de nenhum round comigo. Ele é o round de aquecimento. Ele é a pessoa com quem eu fazia sombra de boxe antes de começar o treino de verdade. E é isso que ele sempre será para mim”, finalizou T-Wood.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário