Cristiano Marcello assina contrato com o Brave e deixa aposentadoria

Aos 40 anos e há quatro fora do cage, o brasileiro acertou seu retorno para o Brave em dezembro deste ano

C. Marcello fez parte do Meca, Pride, TUF, UFC e agora está no Brave. Foto: Reprodução/Instagram @cristianomarcello

Aos 40 anos, Cristiano Marcello desistiu da aposentadoria e assinou um contrato com o Brave Combat Federation. Seu retorno está marcado para dezembro no Brasil, ainda não foram divulgados o local e o adversário. A informação é do site ‘Combate.com’.

Sua última luta foi em fevereiro de 2014 no UFC em Jaraguá do Sul contra Joe Proctor. O norte-americano venceu por decisão unânime.

Veja Também

Brave anuncia estreia na Europa para junho
Companheiro de McGregor, egípcio espera conquistar torcida brasileira no Brave 11

“Aquilo sempre esteve dentro de mim, foi reacendendo, recebi uma proposta maravilhosa do Brave, que está entre os melhores eventos do mundo. Então, nada melhor do que voltar. Fiquei muito feliz, sempre fui muito competitivo, lutei nos maiores eventos do mundo e nada melhor do que estar sendo abraçado por eles”, explicou Marcello.

Treinador de Bethe Correia, Elizeu Capoeira e Felipe Silva, o líder da academia CM System acredita que será bom os seus ‘filhos’ poderem vê-lo em ação pela primeira vez.

“Quero que meus filhos me vejam lutando. Os meus atletas mais novos, que também são como filhos, também não me viram. Eu poderia ter escolhido lutar na Europa ou no Bahrein pelo Brave, mas escolhi o Brasil. Quero todos lá, a energia deles será muito importante. Gosto de sair na porrada, independentemente de resultado. Vou para ganhar sempre, mas busco o nocaute ou a finalização. Eu quero é tampar na porrada”, disse Cristiano.

Cristiano Marcello fez a sua estreia no MMA em 1997 com uma vitória sobre Cláudio de Souza no Brazilian Freestyle Circuit. O lutador fez parte do Meca, Pride, TUF e UFC. O cartel do carioca é de 19 lutas, 13 vitórias e seis derrotas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário