Campeão dos penas, Max Holloway sofre concussão e está fora do UFC 226

Campeão dos penas, que colocaria seu reinado em jogo contra Brian Ortega, foi removido faltando menos de 48h para o show

M. Holloway (foto) está fora do UFC 226 (Foto; Reprodução Twitter ufc)

A bruxa atacou mais uma vez! Faltando menos de 48 horas para o duelo, Max Holloway está fora do UFC 226, evento que acontece no próximo sábado (07), em Las Vegas (EUA). O havaiano, que defenderia o cinturão dos penas contra Brian Ortega, foi retirado do combate por sintomas de concussão. A informação foi divulgada na madrugada desta quinta-feira (05) pelo site norte-americano do canal ESPN.

Assim que a notícia foi publicada pela emissora, o time do campeão confirmou o problema com Holloway e emitiu um comunicado (leia na íntegra abaixo) dizendo que os sintomas começaram na última semana e antes mesmo do início de corte de peso. Ainda de acordo com o boletim, o lutador chegou a desmaiar desta quarta-feira (05) e demorou a ser reanimado.

Veja Também

Mousasi quer teste de drogas para Lyoto Machida: ‘Eu não confio nesse cara’
Ultimate ‘reserva’ Khabib Nurmagomedov e Tony Ferguson para UFC 229 se negociações McGregor falharem

Esta é a segunda vez consecutiva que Max Holloway abandona um combate nas vésperas do evento. O havaiano deixou a luta principal do UFC 223, em abril, contra o russo Khabib Nurmagomedov no duelo pelo cinturão dos leves. Na ocasião, ele havia aceitado substituir o lesionado Tony Ferguson faltando sete dias para o duelo, mas não conseguiu bater o peso e foi removido do show pela Comissão Atlética de Nova York.

Nova luta para Ortega?

O UFC não se pronunciou se Brian Ortega, desafiante de Holloway, continua no show ou será removido do card. Porém, pelo curto tempo de se convocar um novo adversário, é provável que o norte-americano também deixe a disputa e aguarde pela recuperação do campeão para uma nova luta seja agendada.

Comunicado oficial da equipe de Max Holloway

“O time de Max Holloway e o staff do UFC perceberam que Max não estava normal desde a semana passada. Isso ficou óbvio para muitos ao assistirem a suas entrevistas e nas aparições públicas nos últimos dias. Ele mostrou sintomas de concussão mesmo antes de começar o corte de peso e foi levado às pressas para o pronto socorro quando o admitiram noite passada. Exames iniciais mostraram que ele estava bem e ele foi liberado na terça pela tarde mas os sintomas continuaram.”

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário