Fã declarado de Anderson, Adesanya quer luta contra Spider: ‘Prometo não derrubar’

Invicto no MMA com 14 vitórias, nigeriano, considerado como uma das revelações do peso médio, sonha com luta contra Anderson

Adesanya (dir.) quer luta contra Anderson (esq.). Foto: Reprodução / Instagram

Bastou Anderson Silva estar próximo de voltar ao octógono que os desafios ao Spider surgiram nas redes sociais. Depois do próprio brasileiro revelar que poderia fazer a esperada superluta contra Georges St. Pierre, outro lutador que entrar na fila pelo duelo. O jovem Israel Adesanya, de 28 anos, que é fã declarado de Anderson, revelou que gostaria de medir forças diante do ex-campeão dos médios.

Veja Também

Se vencer Anderson, Glover Teixeira quer revanche com Gustafsson por título dos meio-pesados
Ronaldo Jacaré enfrenta David Branch em Nova York no UFC 230

Em uma postagem no Instagram, Adesanya rasgou elogios a Anderson. Ele elogiou a postura do brasileiro no octógono e o colocou como o maior lutador de todos os tempos, mesmo assim, ele não escondeu o desejo de encarar o seu maior ídolo.

“Falando sério, se não fosse pelo Anderson Silva, eu não teria visto as lutas de uma perspectiva diferente. Eu estava sob a impressão que você tinha que parecer com a Paula (sic) para ser lutador. O Spider vem f*** bombados malhados há muitos anos como um homem esbelto e aerodinâmico. Ele ainda é o melhor de todos os tempos, na minha opinião… Isso dito… Eu quero esse barulho. Só porque sou um fã não significa que ele não possa apanhar destas mãos… e pés. Então sim, estou dentro… Faria isso pela cultura da luta!”, escreveu Adesanya. O nigeriano ainda usou a haghtag ‘#notakedownsipromise‘, prometendo não derrubar o Spider.

Israel Adesanya está invicto no MMA com 14 vitórias em 14 lutas, sendo três delas no UFC. Em sua última apresentação, ele derrotou Brad Tavares na luta principal do TUF 27 Finale, realizado no último dia 6.

Por outro lado, Anderson Silva tem um cartel de 34 vitórias e oito derrotas. O brasileiro, que não luta desde fevereiro de 2017, foi suspenso por ter sido pego em um teste antidoping em novembro do ano passado. Porém, após longa espera, o Spider conseguiu provar a contaminação de um suplemento e recebeu o gancho de apenas 12 meses, podendo voltar a competir ainda em 2018. Em sua última luta, ele bateu Derek Bruson, no UFC 208, na decisão unânime dos juízes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário