Com problemas no corte de peso, Darren Till planeja mudança para os médios

O inglês relatou que aos 25 anos já reconhece os efeitos da restrição de alimentos na perda de peso para alcançar os 77kg e se manter na categoria dos meio-médios

D. Till aos 25 anos planeja mudança para os médios. Foto: Reprodução/Instagram darrentill2

As vésperas uma disputa de cinturão dos meio-médios contra Tyron Woodley, Darren Till precisa enfrentar sua primeira adversária, a balança, na sexta-feira (07). O desafiante deve bater os 77kg para confirmar o combate com o campeão da categoria no UFC 228 em Dallas, no Texas. Em entrevista no Media Day, o lutador inglês falou sobre os ‘sacrifícios’ que tem feito para se manter na categoria. Ele ainda afirmou que planeja uma mudança para os médios no futuro.

Veja Também

Ultimate destrona Covington e marca Tyron Woodley x Darren Till pelo cinturão no UFC 228
Woodley descarta defender cinturão contra Usman se Till for impedido de lutar
UFC 228: Fature alto antecipando apostas nas disputas de cinturão

“Tenho 25 anos e não vou colocar meu corpo nisso por muito mais tempo. À medida que envelheço, começo a ver que isso não é necessário. É muito peso para cortar e eu não preciso fazer isso. Provável que eu vá para os médios. É assim que vejo o meu futuro”, explicou Till.

O lutador inglês afirmou que seu corte de peso para o combate com Woodley está indo bem, mas não revelou o quanto está pesando atualmente. Till sabe que se tornar o campeão do meio-médios terá que fazer sacrifícios calóricos para chegar aos 77kg.

“Este é provavelmente o mais magro que eu já estive nas últimas semanas antes de um confronto. Normalmente, eu mantenho mais gordura. Agora estou magro. Eu tenho mais músculos que a minha última luta”, disse Darren.

Darren Till está na categoria dos meio-médios desde 2014 quando tinha 21 anos. Em duas oportunidades, o inglês teve que fazer uma luta com peso casado, pois não conseguiu bater a meta na balança. A primeira vez foi contra Jessin Ayari no UFC Estocolmo em maio de 2017. A segunda ocorrência foi mais recente contra Stephen Thompson em maio deste ano no UFC Liverpool. Nos dois combates, ‘Gorilla’ saiu vencedor.

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments