Nurmagomedov afirma que sua ‘luta dos sonhos’ seria contra St-Pierre

O campeão russo garantiu que uma luta contra ‘GSP’ seria o melhor para seu legado, pois ele é o maior atleta que já competiu no UFC

K. Nurmagomedov fará sua primeira defesa de cinturão no UFC 229. Foto: Reprodução/Facebook Khabib Nurmagomedov

O confronto entre Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor pelo título dos leves no UFC 229 acontecerá no dia 6 de outubro de 2018, em Las Vegas. O russo revelou que duelo contra o irlandês não é sua ‘luta dos sonhos’, mas sim o ex-campeão do Ultimate, Georges St.Pierre.

Veja Também

Empresário de Khabib afirma que o russo quer defender cinturão contra Georges St-Pierre
Georges St-Pierre quer enfrentar o vencedor de Nurmagomedov e McGregor

O campeão dos leves contou que cresceu assistindo as lutas do canadense e acredita que ele é o melhor lutador dentro e fora do octógono.

“Eu cresci assistindo suas lutas com meu pai. Ele é o maior atleta que já competiu no UFC. Campeão dos médios e meio-médios. E eu soube que ele quer vir e lutar nos leves, pegar esse cinturão, fazer história, se tornar campeão de três divisões do UFC. Por que não? Eu contra Georges St-Pierre. Se eu vencer o Conor ou se eu vencer o Georges St-Pierre, qual é o melhor para o meu legado? Talvez por dinheiro, seja Conor, mas pelo legado é Georges St-Pierre”, contou Khabib.

Georges St. Pierre afirmou no mês passado que quer enfrentar o vencedor do combate entre Nurmagomedov e McGregor. “Seria uma grande luta. Contudo, lutei nos 77kg e abdiquei ao título. Lutei nos 84kg e abdiquei ao título. Não acho que o UFC me permitiria lutar pelo título dos leves”, disse ‘GSP’.

No UFC 229, Khabib Nurmagomedov fará sua primeira defesa do cinturão dos leves. O russo se mantém invicto há 26 combates em sua carreira de MMA.

Georges St. Pierre não luta desde novembro do ano passado quando finalizou Michael Bisping e ganhou o cinturão dos médios. Apenas um mês após a conquista, o canadense acabou abdicando do título devido a um problema de saúde que o impedia de lutar.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário