Empresário de Khabib afirma que o russo quer defender cinturão contra Georges St-Pierre

As notícias afirmavam que Conor McGregor seria o desafiante, mas Khabib acredita que o irlandês não merece a chance de título

Empresário de K. Nurmagomedov manda McGregor voltar para a fila. Foto: Josh Hedges/UFC

Khabib Nurmagomedov não vê Conor McGregor como possível desafiante ao titulo dos pesos leves do UFC.  O russo acredita que o irlandês está desvalorizado após ataque contra o ônibus do UFC no Brooklyn e devido ao russo estar fora de combate há quase dois anos. Em entrevista ao site “MMA Fighting”, o empresário representa Nurmagomedov, Ali Abdelaziz admitiu que Khabib quer Georges St-Pierre como adversário.

Veja Também

Khabib Nurmagomedov foca na primeira defesa do título em outubro
Encontro entre Dana White e Conor McGregor é adiado, mas próxima luta deve ser contra Nurmagumedov

“Acreditamos que a luta a se fazer é contra Georges St-Pierre no peso leve. Khabib quer lutar por seu legado, e não para fazer parte de um show dramático. Nós achamos que Conor McGregor não merece ganhar essa chance. Ele não luta há quase dois anos. Por que deveria receber a disputa de cinturão? O que ele tem que fazer é entrar na linha e trabalhar para conquistar esse direito”, explicou Ali.

Apesar da decisão do campeão, o lutador canadense Georges St. Pierre está com problemas de saúde. Ele afirmou ter uma úlcera que contraiu durante o camp para luta contra Michael Bisping no UFC 217.

Abdelaziz disse que o único motivo que faria Khabib aceitar a luta contra Conor McGregor seria puni-lo por seus atos no UFC 223. “Só existe uma razão que faz Khabib querer enfrentar Conor McGregor: fazê-lo pagar pelo que fez no Brooklyn. Para Khabib, a disciplina está acima do dinheiro. Dito isso, o UFC deve conversar com Georges St-Pierre, e não com Conor”, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário