Daniel Cormier rejeita trilogia com Jon Jones | SUPER LUTAS

Daniel Cormier rejeita trilogia com Jon Jones

Mesmo com a liberação do rival após um gancho de 15 meses, o campeão afirmou que não tem interesse de um novo encontro com ‘Bones’

D. Cormier deve se aposentar em março de 2019. Foto: Reprodução/Facebook @ danielcormiermma

Daniel Cormier não demorou muito para se pronunciar sobre a suspensão de 15 meses do rival, Jon Jones. Algumas horas após a punição do rival ser anunciada, durante o programa “UFC Tonight” da “Fox Sports”, o campeão revelou que não tem interesse de uma terceira luta contra ‘Bones’ no momento. Seu foco está voltado para o confronto com Brock Lesnar antes de sua aposentaria em março de 2019.

Veja Também

“Eu acho que as pessoas ficam empolgadas, as pessoas ficam animadas com a perspectiva de nós lutarmos de novo, mas eu tenho uma luta com Brock Lesnar. Por que eu olharia para trás? Por que eu voltaria a olhar para Jones agora quando eu tenho uma luta? Obviamente, como competidor, eu quero lutar contra o cara que me derrotou duas vezes. Eu tenho uma briga maior com o Brock Lesnar. Por que eu deveria voltar?”, disse DC.

Cormier questionou a penalidade de apenas 15 meses imposta pela Agência Antidoping dos Estados Unidos. Para o campeão, outros lutadores que testaram positivo uma vez e receberam punições mais duras, enquanto Jones que é reincidente, a USADA impôs uma pena leve.

Devido a isso, o detentor de dois cinturões do UFC avisou a Agência Antidoping dos Estados Unidos que não deve mais ir a sua casa. “O negócio é o seguinte: quando se trata da USADA, eles não podem mais ir à minha casa às 6 da manhã. Qual é o ponto? Eles estiveram na minha casa 15 vezes. USADA, não venham mais à minha casa. Não precisa. Isso nunca vai acontecer comigo. Setenta vezes desde que comecei a lutar internacionalmente, e nunca cometi um erro”, disparou Cormier.

Cormier teve a primeira derrota na carreira ao enfrentar Jones em janeiro de 2015 no UFC 182. Em julho de 2017, ‘DC’ sofreu seu segundo revés. Logo após o combate, Jones testou positivo novamente para substâncias proibidas. Com isso, o confronto tornou-se uma luta sem resultado.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments