Três dos companheiros de Khabib são presos após atacarem McGregor

Briga começou após Khabib deixar o octógono e atacar equipe de McGregor, enquanto membros do seu time invadiram a área de lutas para brigar com irlandês

C. McGregor foi atacada pelos parceiros do russo. Foto: Reprodução/Twitter @robtramonte

ATUALIZAÇÃO: Conor McGregor não prestou queixa contra membros do time de Khabib e eles são liberados após detenção

A confusão envolvendo as equipes de Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor já teve sua primeira consequência na madrugada deste domingo (07). Após a briga generaliza após a luta principal do UFC 229, três membros da equipe do russo foram presos. Eles invadiram o octógono para agredir o irlandês.

Veja Também

VÍDEO: Assista a briga generalizada entre os times de Khabib e McGregor após o UFC 229
Vídeo: Assista à finalização de Khabib Nurmagomedov sobre Conor McGregor
UFC 229: Khabib finaliza McGregor, provoca e ‘luta do ano’ termina em briga generalizada

A informação da detenção foi anunciada pelo presidente do UFC, Dana White, em entrevista do canal FOX Sports dos Estados Unidos. “Três caras que estiveram envolvidos no incidente acredito que foram esses três, estão a caminho da prisão agora”, afirmou Dana.

O comentarista do UFC, Joe Rogan durante a transmissão do canal norte-americano ‘ESPN’ revelou que Dennis estava proferindo insultos contra Nurmagomedov durante a luta. “Todas as vezes que Khabib passava em frente ao corner do irlandês o treinador ofendia o lutador”, disse.

Ainda não se sabe a extensão das implicações que Khabib e sua equipe podem sofrer após UFC 229. Até o momento a Polícia de Las Vegas está com as imagens do ataque e o salário de Nurmagomedov está retido.White até questiona a possibilidade do time russo não conseguir autorização para voltarem aos Estados Unidos.

“Eles vão conseguir um visto novamente para voltar a este país? Há muitas coisas, muitas repercussões do que fizeram esta noite. Existem muitas coisas que eles ainda não perceberam ”, concluiu o dirigente

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments