Dillashaw dispara contra Garbrandt: ‘Eu disse que arruinaria sua carreira e estou fazendo isso’

Mesmo com duas vitórias por nocaute, TJ afirmou que os sentimentos em relação ao rival e ex-colega de Team Alpha Male não mudaram

C. Garbrandt (esq.) e T. Dillashaw (dir.) se enfrentaram duas vezes. Foto: Reprodução/Instagram @tjdillashaw

A rivalidade entre TJ Dillashaw e Cody Garbrandt parece não ter terminado após a revanche entre os lutadores na luta principal do UFC 227. Antes do confronto no dia 04 de agosto, ‘Viper’ prometeu que arruinaria a carreira do arquirrival. Após o segundo triunfo por nocaute sobre ‘No Love’, o campeão dos galos admitiu que está conseguindo fazer o que se comprometeu.

Veja Também

UFC 227: Dillashaw mostra soberania, volta a nocautear Garbrandt e mantém cinturão dos galos
Com fratura na mão, Cody Garbrandt pode ficar fora por seis meses

“É exatamente como eu disse… Ele iria cair. Eu lhe disse que ia derrubá-lo no primeiro round. Eu disse que arruinaria sua carreira, estou fazendo isso. O cara está ferrado”, disse Dillashaw em entrevista ao site norte-americano MMAjunkie.

Mesmo após mostrar sua superioridade sobre Garbandt, Dillashaw afirmou que seus sentimentos em relação ao rival não mudaram. Cody e TJ foram colegas de equipe na Team Alpha Male, no entanto ‘Viper’ deixou o grupo. Devido a isso, a rivalidade entre os atletas teve inicio.

“Não é só ele, é todo o time. A equipe inteira precisava de um palavrão (palavrão). Eles falaram toda essa porcaria, eles querem me acusar de um monte de coisas (palavrão). Esse é o jogo. Karma é um (palavrão)”, explicou TJ.

Aos 32 anos, Dillashaw confessou que espera nunca mais ver Garbrandt dentro do octógono durante sua carreira.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário