Dana White afirma que foi ‘o único’ a ficar chateado com confusão no UFC 229

O presidente do UFC admitiu que muitos membros da comunidade do MMA condenaram a briga generalizada, no entanto, ele foi o único que realmente se incomodou com o fato

D. White não esperava a confusão durante o UFC 229. Foto: Reprodução/Youtube ufc

Khabib Nurmagomedov venceu Conor McGregor por finalização na luta principal do UFC 229 no início deste mês. Após o término do confronto, o russo saltou o octógono e atacou o parceiro de treinos do irlandês, Dillon Danis. Segundos depois, ‘Notorious’ foi agredido pelos colegas de equipe de ‘Eagle’. Foi um final inesperado para o evento mais aguardado da organização. Em entrevista ao canal norte-americano ESPN, o presidente da franquia, Dana White afirmou que muitos membros da comunidade do MMA condenaram a briga generalizada, no entanto, ele  foi o único que realmente se incomodou com o ocorrido.

Veja Também

UFC 229: Khabib finaliza McGregor, provoca e ‘luta do ano’ termina em briga generalizada
Khabib se revolta e ameaça deixar o UFC em caso de punição a sua equipe

“Para mim, pessoalmente, todo o trabalho que coloquei nisso coloquei nos últimos 20 anos da minha vida… Eu não queria que fosse assim. Eu estava chateado com isso. Eu era o único. Ninguém mais se importava”, garantiu White.

Mesmo desapontado com a briga, White reconheceu a rapidez com que sua equipe conseguiu controlar a confusão.

“Nós tínhamos essa coisa contida em menos de 40 segundos. Eu tomei a decisão de não colocar o cinturão no [Nurmagomedov] dentro do octógono porque eu não achei que fosse seguro, eu não acho que teríamos uma boa reação de os fãs. Nós tiramos todo mundo de lá OK. Nenhum fã foi ferido, ninguém ficou ferido. Ninguém ficou ferido nessa coisa e nós contamos isso bem rápido”, concluiu Dana.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário