McGregor reconhece ‘erro fatal’ que levou a derrota contra Khabib

O irlandês fez uma analise completa dos quatro assaltos de seu confronto com o arquirrival e afirmou: ‘Fiz um erro crucial ao abandonar meu gancho, expondo minhas costas’

McGregor admitiu ter exposto suas costas no quarto assalto. Foto: Reprodução/Facebook @thenotoiousmma

Conor McGregor foi finalizado com um mata-leão por Khabib Nurmagomedov na luta principal do UFC 229, dia 06 de outubro em Las Vegas (EUA). Transcorridos mais de 15 dias, o ex-campeão dos leves divulgou em sua rede social uma análise completa dos quatro rounds do confronto com o russo. Com isso, ‘Notorious’ reconheceu ter cometido um erro que foi determinante para sua derrota: “fiz um erro crucial ao abandonar meu gancho nesse momento, expondo minhas costas. Termino derrotado de forma justa”.

Veja Também

Vídeo: Fã entra no octógono para ajudar McGregor no UFC 229
McGregor visa evento do UFC em estádio do Dallas Cowboy: ‘Vou fazer isso acontecer’

Ao fazer um diagnóstico do confronto, McGregor admitiu ter subestimado o nível da trocação de Khabib. Visto que um soco de Nurmagomedov em Conor no segundo assalto mudou o rumo do combate. O irlandês afirmou não ter se preparado para os ataques do russo.

“Ele estava correndo pelo cage até ser abençoado com um soco de direita que mudou o curso do round e da luta. Foi um belo golpe. Depois do soco, levantei imediatamente para atacar, mas novamente ele mergulhou para escapar. Se eu tivesse ficado mais ligado e respeitado mais sua trocação, aquela direita nunca teria chegado perto e estaríamos falando de algo diferente agora”, explicou ‘Notorious’.

Ao terminar a análise, McGregor assegurou retornar ao octógono preparado para encarar seu oponente. No entanto, ‘Notorious’ reconheceu que seu próximo combate pode não ser a revanche contra Khabib. “Se não for a revanche agora, sem problema. Enfrentarei o próximo da fila. É tudo sobre mim, sempre”, concluiu Conor.

Análise completa do confronto

“Pensamentos sobre minha última luta.

Round 1: Acredito que, de um ponto de vista esportivo, o primeiro round foi dele. Ficou por cima me colocando contra a grade. Não avançou ou infringiu dano, mas ficou por cima. Pelo ponto de vista de uma luta, o primeiro round foi meu. Ataques efetivos e a vontade de atacar. Soco de esquerda no início, joelhada na cabeça, cotoveladas em todos os cenários. O oponente apenas segurou minhas pernas contra a grade por quase todo o round.

Round 2: Ele estava correndo pelo cage até ser abençoado com um soco de direita que mudou o curso do round e da luta. Foi um belo golpe. Depois do soco, levantei imediatamente para atacar, mas novamente ele mergulhou para escapar. Isso é um esporte e foi um movimento inteligente que lhe garantiu um round dominante. Sem problemas. Bem jogado.

Se eu tivesse ficado mais ligado e respeitado mais sua trocação, aquela direita nunca teria chegado perto e estaríamos falando de algo diferente agora. Não dei atenção ao seu cruzado de direita durante meu treinamento, sem sparing específico em pé, apenas ataques de wrestlers. Isso não acontecerá de novo. Também não acreditei nos meus ataques no chão. Apenas defesa. Lições. Não escute ninguém, apenas você sobre suas habilidades. Você é o dono do seu universo. Sou o mestre nisso. Tenho que aceitar meu próprio conselho.

Round 3: Depois do pior round da minha carreira, volto e venço esse round. De novo, andando para frente, fazendo ele andar para trás e tentando atacar.

Round 4: Minha recuperação não está onde poderia estar. Isso foi erro meu. Mesmo assim, venci as primeiras trocas no round quatro. Ele mergulha em queda de novo e termino em uma posição ruim. Trabalho para retomar a posição e levantar com as minhas costas contra a grade. No entanto, fiz um erro crucial ao abandonar meu gancho nesse momento, expondo minhas costas. Termino derrotado de forma justa.

O que posso dizer? Foi uma luta boa e foi um prazer. Vou voltar com minha confiança elevada. Completamente preparado. Se não for a revanche agora, sem problema. Enfrentarei o próximo da fila. É tudo sobre mim, sempre. Vejo vocês em breve, meus fãs. Amo vocês!”.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Thoughts on my last fight. Round 1. I believe from a sport standpoint, round 1 was his. Top position against the fence. Zero position advancement or damage inflicted. But top position. From a fight standpoint the first round is mine. Actual shots landed and a willingness to engage. Straight left early. Knee to the head on the low shot. Elbows in any and all tie up scenarios. Opponent just holding the legs against the fence for almost the entire round. Round 2 he is running away around the cage before being blessed with a right hand that changed the course of the round, and the fight. It was a nice shot. After the shot I bounced back up to engage instantly, but again he dipped under to disengage. That is the sport and it was a smart move that led to a dominant round, so no issue. Well played. If I stay switched on and give his stand up even a little more respect, that right hand never gets close and we are talking completely different now. I gave his upright fighting no respect in preparation. No specific stand up spars whatsoever. Attacking grapplers/wrestlers only. That won’t happen again. I also gave my attacking grappling no respect. To defense minded. Lessons. Listen to nobody but yourself on your skill set. You are the master of your own universe. I am the master of this. I must take my own advice. Round 3. After the worst round of my fighting career, I come back and win this round. Again walking forward, walking him down, and willing to engage. Round 4. My recovery was not where it could have been here. That is my fault. Although winning the early exchanges in 4, he dips under again and I end up in a bad position with over 3 on the clock. I work to regain position and end up upright, with my back to the fence. A stable position. Here however, I made a critical error of abandoning my over hook at this crucial time, exposing the back, and I end up beaten fair and square. What can I say? It was a great fight and it was my pleasure. I will be back with my confidence high. Fully prepared. If it is not the rematch right away, no problem. I will face the next in line. It’s all me always, anyway. See you soon my fighting fans I love you all ❤

Uma publicação compartilhada por Conor McGregor Official (@thenotoriousmma) em

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário